quinta-feira

Com armas privativas das Forças Armadas e cercado de pistoleiros, Aluísio Régis toca o terror no Conde


Que costas quentes tem Aluísio Régis para matar, ameaçar, surrar até menores, andar armado e com milicia pessoal para todo canto sem que nenhuma autoridade judiciária ou policial tome as providências cabíveis?


Com armas privativas das Forças Armadas e cercado de pistoleiros, Aluísio Régis toca o terror no Conde

O que torna esse homem imune as leis do país e que porte de arma ele tem para levar na cintura e sacar sempre que lhe convier a pistola automática?

Os capangas com ele exibindo armas de grosso calibre são detentores de porte de armas? Podem portar pistolas, escopetas e até metralhadoras de uso exclusivo das Forças Armadas?

Domingo passado o ex-prefeito do Conde, que carrega no currículo duas mortes, fora as que não sabemos, tentou invadir a casa e surrou o radialista Caco Pereira.

 


Aluísio argumenta que a casa tem dono e Caco prova que é o dono da casa. Aluísio diz que alugou uma casa do Minha Casa Minha Vida para o radialista e confessa um crime antes de praticar outro. As casas desse sistema não podem ser alugadas.

Hoje Aluísio e o filho Hermam estiveram novamente na casa do radialista e, diante do silêncio das autoridades, invadiu, jogou os móveis no meio da rua e surrou o filho menor de Caco Pereira.


Um crime atrás do outro, mas para Aluísio que fez fama de valentão açoitando, matando e mandando matar gente, invadir uma residência, agredir o dono da casa e surrar o filho de quinze anos é fichinha.
Alguém deve tá perguntando se o Conde não tem delegacia e digo que tem. Tem uma delegada que se nega até a registrar Bos contra o cidadão violento e incapaz de viver em sociedade.

Sabendo disso, o radialista e as outras vítimas do desafiante da Lei se deslocam até Alhandra para registrar uma queixa.

A HILUX PLACA MOK 2121
Hoje a trade Aluísio Régis achou pouco a arruaça e, sem medo da Polícia de Conde, foi com os capangas para gente das secretariais de Saúde e Comunicação amedrontar os auxiliares da prefeita Tatiana.

Como já disse, portavam armas de grosso calibre, algumas privativas das Forças Armadas e estavam dentro de uma caminhoneta Hylux Verde e com placa MOK 2021.

Do jeito que a coisa tá correndo frouxa, sem policiamento para coibir sem ninguém no Judiciário para tirar esse homem violento de circulação, é possível que nos próximos dias seja noticiado mais uma vítima desse homem que se julga acima da Lei.

O que falta para o governador mandar apurar o que está acontecendo no Conde? Cadê os deputados que apoiam Tatiana, Wellington Roberto e Genival Mathias, que não exigem a saída dessa delegada omisssa?

São perguntas que exigem respostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário