quarta-feira

Antes de matar pastor, jovens fizeram compras com cartão de crédito da vítima

Os jovens acusados de sequestrar e matar o pastor da Igreja Batista Salamina, Edmilson Conceição dos Anjos, 60 anos, também utilizaram o cartão de crédito da vítima para fazer compras. De acordo com a Polícia Civil, Joabe de Aliberto Santos, 19 anos, e Elimar Santos Veloso, 23, gastaram mais que R$ 1 mil reais antes de assassinarem o pastor, em 16 de dezembro de 2013.
 
 
 
Os autores do crime foram presos neste sábado (15) em suas próprias casas, no Loteamento Fonte das Águas, em Arembepe, na cidade de Camaçari. Joabe e Elimar estavam de posse de37 pedras de crack, munição para pistola 9 mm e objetos variados que foram comprados com o cartão de crédito da vítima. 
 
O pastor coordenava um centro comunitário em Simões Filho, onde desenvolvia trabalhos voltados a crianças e adolescentes. Ele foi abordado por Joabe, Elimar e um adolescente de 17 anos enquanto estava na passarela de Arembepe, na rodovia BA-099, dentro de um Corsa Classic prata. Ameaçado pelo trio sob a mira de um revólver calibre 32, Edmilson dirigiu até Portão, onde os assaltantes tentaram tirar dinheiro em um caixa eletrônico de um supermercado.
 
Como não havia dinheiro no terminal de autoatendimento, eles obrigaram o pastor a levados até um shopping center na região do Aeroporto de Salvador, onde compraram roupas e calçados com o cartão de crédito da vítima. Imagens do circuito interno de segurança mostram Joabe e Elimar andando pelos corredores do shopping e entrando em um estabelecimento comercial. 
 
 
Assassinos de pastor foram presos com pertences comprados com dinheiro da vítima
 
Enquanto a dupla fazia compras, o pastor Edimilson permaneceu no veículo sendo vigiado pelo adolescente, que estava com a arma. Depois de comprarem o que desejavam, o trio obrigou a vítima a levá-los até um local deserto no Loteamento Jardim das Mangabeiras.
 
Lá, o pastor foi baleado um vez por cada criminoso. Ele também foi atingido por diversos golpes de faca. Quando o pastor não voltou para casa, a família ficou preocupada e começou a fazer uma campanha nas rede sociais para tentar localizá-lo, pedindo ajuda às pessoas. Um dia depois, o Corsa do pastor foi localizado em Arembepe, sem sinais de arrombamento, mas com o rádio roubado. A partir daí, as buscas se intensificaram. O corpo dele só foi encontrado pela polícia três dias depois, no dia 19 de dezembro. Edmilson tinha dois filhos, já adultos, e era casado.
Indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e latrocínio, a dupla e encontra-se custodiada na carceragem da unidade policial..
 
Além de Joabe e Elimar, o adolescente envolvido no crime também apreendido na sexta-feira (14), em uma casa usada como ponto de venda de drogas na localidade da Fonte da Caixa, em Vila de Abrantes. Com o rapaz estava uma espingarda de calibre 12, uma pistola 9mm, 40 trouxas de cocaína, 42 cápsulas de cocaína e um colete balístico. O imóvel pertence a um traficante identificado como Queixo, que está sendo procurado pela polícia.
 
O adolescente foi encaminhado ao Ministério Público, enquanto Joabe e Elimar foram apresentados pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira (18), na sede da instituição, situada na Praça da Piedade. A dupla também foi indiciada por tráfico de drogas, associação para o tráfico e latrocínio - roubo seguido de morte.
 
Fonte: Correio 24 Horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário