segunda-feira

Major Fábio defende melhoria no atendimento do SUS aos pacientes com obesidade mórbida



O deputado federal Major Fábio (DEM-PB) sugeriu ao Ministério da Saúde a implantação, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), do protocolo de atendimento aos pacientes com obesidade mórbida. Através de indicação oficial ao ministro da Saúde, o parlamentar justificou que a obesidade mórbida tem se tornado cada vez mais frequente no Brasil.

Em face disso, ela é considerada uma prioridade entre os problemas de saúde que afligem a população brasileira. Faz-se necessário, portanto, sejam tomadas todas as medidas necessárias para a prevenção de seu desenvolvimento, disse o parlamentar.
 
Assegurar que o tratamento prestado ao paciente seja adequado é uma das obrigações do poder público. “No entanto, é fato corriqueiro que os serviços de saúde não possuem material adequado para a assistência do paciente obeso. Muitas vezes eles são atendidos em circunstâncias constrangedoras e inseguras, contrariando a boa prática médica”, apontou.
 
No ano de 2012, o Ministério da Saúde publicou em seu sítio, por meio da Consulta Pública nº 12/2012, minuta de portaria que “Estabelece regulamento técnico, normas e critérios para o Serviço de Assistência de Alta Complexidade ao Portador de Obesidade”. A proposta traz dispositivos avançados e interessantes, que podem efetivamente garantir ao paciente atendimento digno e de boa qualidade.
 
Mas, segundo o Major Fábio não foi possível encontrar tal portaria entre as normas vigentes constantes da base de dados do Ministério da Saúde. “Dessa forma, sugerimos seja implementado o quanto antes o protocolo proposto na referida Consulta Pública”, justificou.
 
A indicação foi encaminhada pela Câmara dos Deputados à ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann.
 
Blog com Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário