sábado

Efraim Filho é relator de plebiscito sobre redução da maioridade penal

O Deputado Efraim Filho (Democratas/PB) é o relator do Projeto de Decreto Legislativo 1002/2003, de autoria do ex-deputado Robson Tuma (SP), que tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

 Efraim Filho é relator de plebiscito sobre redução da maioridade penal

O projeto propõe que a população brasileira seja consultada sobre a redução da maioridade penal, hoje estabelecida em 18 anos por força do art. 228 da Constituição Federal e o artigo 27 do Código Penal.

Segundo o Deputado Efraim Filho, “A maioridade penal pode, sim, ser passível de redução, se essa for a vontade expressa na consulta popular.” Para corrigir algumas falhas de técnica legislativa do projeto e apensados, o deputado apresentou a Comissão substitutivo que será apreciado pelos seus pares.

E finaliza o Deputado: “A escalada da violência hoje no Brasil é notória e não podemos permanecer inertes sem tomar medidas de caráter preventivo e repressivo. Cada vez mais comum a quantidade de jovens envolvidos em crimes hediondos: assassinatos, tráfico de drogas, latrocínio e estupro. A população brasileira precisa ser ouvida sobre o tema e se pronunciar se concorda que um jovem de 16 anos já pode responder pelas consequências dos seus atos e crimes cometidos.” O projeto aguarda definição da presidência da Comissão e pauta para ser levado a votação.

webardiocasc.com.br

Felipe Anderson, jogador do Santos, comemora aniversário pregando na Sara Nossa Terra



O jogador Felipe Anderson, meia do Santos, comemorou seu aniversário ministrando uma pregação na igreja evangélica Sara Nossa Terra. Na segunda-feira, aniversário do futebolista, foi realizado no local uma reunião do ministério Atletas de Cristo. Felipe atua no time desde 2007.

 
 
Felipe Anderson comemorou 20 anos na última segunda-feira, 15 de abril. Ele comemorou a data festiva em um culto da igreja Sara Nossa Terra. “O dia mais feliz da minha vida. 15/04/13 Obrigado Senhor por ter a oportunidade de falar do seu amor!”, postou em seu Twitter no dia.
 
“2.0 Glória a Deus, obrigado Senhor por completar mais um ano de vida... Quero viver pra tua glória”, também escreveu em seu microblog. Segundo o jornal O Povo, integrantes do grupo Atletas de Cristo da Baixada Santista estavam presentes, além dos familiares.
 
“Glória a Deus! A coisa mais linda, que palavras sábias, passar o niver na presença de Deus não tem coisa melhor! Parabéns não só por estar completando 20 aninhos, mas por fazer a diferença onde passa, e por usar o futebol pra levar aos outros a palavra de Deus!”, escreveu Kátia Gomes para Felipe.
 
Evangélico, Felipe, tem o costume de frequentar os cultos. Uma de suas características em campo é erguer as mãos para o céu em adoração e agradecimento a Deus ao comemorar um gol. Para celebrar o aniversário, a fanpage oficial do jogador fez sorteios de brindes, como camisetas, para os seguidores nas redes sociais.
 
Em 2007, Felipe Anderson Pereira Gomes, passou seis meses pelo time paranaense Coritiba. No mesmo ano, foi para a categoria de base do Santos, clube que defende até hoje. Com doze jogos, é um dos reservas do clube que mais tem atuado em campo.
 
Segundo o site do Santos, Felipe já jogou 101 jogos em defesa do time paulista. Como jogador profissional, já atuou também pela Seleção Brasileira Sub-20.
 
Fonte: Christian Post / webradiocasc.com.br

Silas Malafaia organiza manifestação pacífica em Brasília

O pastor Silas Malafaia está organizando uma grande manifestação pacífica para o dia 5 de junho em Brasília. Milhares de pessoas deverão se juntar a ele para defender a família tradicional, a vida, a liberdade de expressão e a liberdade religiosa.

 
A expectativa é de juntar cerca de 100.000 pessoas para protestar contra o casamento gay, o aborto e o Projeto de Lei 122 que na intenção do governo deverá ser votado ainda este ano.
 
Vários cantores evangélicos participarão deste evento para defender os valores cristãos, entre eles o cantor Thalles Roberto, André Valadão, Aline Barros, Eyshila, Nani Azevedo, David Quinlan, Cassiane e Bruna Karla.
 
Ao fazer o convite para convocar a todos que tenham este entendimento, o pastor Silas Malafaia lembra das manobras políticas orquestradas para impor a união entre pessoas do mesmo sexo. “Já que estão forçando a barra sobre o casamento gay, vamos a Brasília para dizer que estamos do outro lado”.
 
Ele comenta também que não será um evento voltado exclusivamente para defender o deputado Marco Feliciano, mas para mostrar a posição daqueles que são a favor da família tradicional e contra o aborto.
 
“Não é um ato exclusivo para apoiar Marco Feliciano, mas para marcarmos nossa posição. Vamos dar a nossa resposta. Todas as lideranças evangélicas estarão presentes, assim como a bancada evangélica. Vai ter gente de todos os lados do Brasil”, afirmou o pastor.
 
Fonte: Gospel Prime / webradiocasc.com.br

Apenas a Igreja Católica é capaz de interpretar a Bíblia, diz Papa

Durante seu discurso no Comitê da Bíblia do Vaticano, que aconteceu na última sexta-feira (12), o papa Francisco rejeitou a interpretação subjetiva da Bíblia e disse que apenas a Igreja está habilitada a interpretar corretamente as escrituras.
 
 
“O Concílio lembrou com grande clareza: tudo o que está relacionado com a maneira de interpretar as Escrituras está, em última análise, sujeito ao julgamento da Igreja, que realiza o seu mandato divino e o ministério de preservar e interpretar a palavra de Deus”.
 
Esta foi uma das poucas vezes que o papa citou o Concílio Vaticano II (1962 – 1965) e a Constituição ‘Dei Verbum’ que falam sobre o papel da Igreja.
 
“A Sagrada Tradição transmite a Palavra de Deus plenamente (….) Desta forma, a Igreja tira a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas não só nas Sagradas Escrituras. Uma como a outra devem ser aceitas e veneradas com sentimentos semelhantes de piedade e respeito.”
 
É por esta tradição que ele afirma que a interpretação da Bíblia não deve ser feita apenas de forma intelectual, devendo ser confrontada e inserida dentro dessa tradição da igreja católica.
 
A posição de Francisco deve desagradar católicos contestatórios e os protestantes que defendem a o direito da livre interpretação das escrituras. O que para o papa não pode acontecer.
 
“A insuficiência de qualquer interpretação sugestiva, ou simplesmente limitada a uma análise incapaz de acolher o significado global que tem sido construído há séculos pela tradição de todo o povo de Deus”.
Fonte: Gospel Prime / webradiocasc.com.br

quarta-feira

A CANTORA KELLY PONTE LANÇA SEU MAIS NOVO CD TROFEU DE GLORIA

Empresas descumprem súmula sobre pagamento para quem faz jornada especial


Desde novembro de 2012, está em vigor a Súmula 444, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que assegura a remuneração em dobro pelo trabalho em feriados para os empregados que cumprem jornada especial de 12 horas de expediente por 36 horas de descanso. A regra prevalece aos acordos e convenções coletivas.



Entretanto, ao que parece, as empresas não estão pagando esses adicionais.
Diante disso, o SindSaúde/SC está notificando os patrões que estiverem inadimplentes com seus empregados e  que devem pagar os valores em atraso.

O sindicato também está aberto a receber denúncias para tomar as medidas devidas – notificações e ações judiciais.

Aos trabalhadores cabe cobrar e fazer valer seus direitos. Denúncias podem ser enviadas pelo e-mail presidente@sindsaudesc.com.br.

Como funcionava antes
O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª região já contava com a Orientação Jurisprudencial nº 14, mas ainda assim a matéria era controvertida.

Um exemplo foi o caso em que a juíza de 1º grau condenou uma empresa de administração e serviços a pagar à reclamante os feriados trabalhados de forma dobrada.

A ré não concordou, argumentando que a sentença afrontava disposição contida na convenção coletiva da categoria.

Examinando o documento, o juiz Eduardo Aurélio Pereira Ferri observou que, de fato, as normas coletivas têm cláusulas prevendo a não incidência de pagamento dobrado dos feriados e domingos para aqueles empregados enquadrados no regime especial 12 por 36. Entretanto, na visão do relator, essas disposições contrariam norma de ordem pública.

Isso porque o trabalho em feriados sem a devida compensação gera a obrigação da remuneração dobrada, conforme determinado pela Lei nº 605/49 por meio do artigo 9º. A jornada conhecida como 12 x 36 exclui apenas o direito à remuneração do domingo trabalhado, porque o sistema de compensação, próprio desse regime especial, permite ao empregado usufruir folga em outro dia da semana, na forma estabelecida pelo artigo 7º, XV, da Constituição da República.

"Não há, contudo, espaço para a compensação do feriado na jornada especial pelo regime 12x36, registrando-se que, nos termos do artigo 9º da Lei nº 605/49, sendo imprescindível o trabalho nos dias feriados, a remuneração deve ser paga em dobro ao trabalhador se outro dia de folga não lhe for concedido", ressaltou o magistrado.

Fontes: Tribunal Regional do Trabalho 3ª Região Minas Gerais e Assessoria de Imprensa do Tribunal Superior do Trabalho (TST)

WEBRADIOCASC.COM.BR

terça-feira

Representantes da Igreja Batista da Lagoinha (MG) & Diante do Trono visitaram projetos da ACEV

Representantes da Igreja Batista da Lagoinha (MG) & Diante do Trono visitaram projetos da ACEV

 
 
 
Representantes da Igreja Batista da Lagoinha (MG) / Diante do Trono visitaram projetos da ACEV ontem. Na foto da esquerda Prs. Francinaldo Alves Da Silva Silva e Wostenes (ACEV), Pr. Washington de Sá (Lagoinha), Mis. Siralan Sabiá (Ceará), Pr. Gustavo Bessa (Lagoinha e esposo de Ana Paula Valadão), Pr. Lúcio Trindade (Comunidade Cristã Zona Sul) e Pr. Lindon Carlos Vieira (ACEV). 
 
Foi um dia abençoado por Deus em Fonseca, Pinheira e Caroá!
 
webradiocasc.com.br

Convenção Batista Nacional lamenta repercussão do caso Feliciano

Em nota, a Convenção Batista Nacional lamentou a repercussão negativa que o caso do deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP) atingiu aos evangélicos e fez críticas sobre esta relação entre religiosos e a política.

 
 
 O texto na CBN atinge não apenas o parlamentar, como a igreja evangélica de forma geral chegando a criticar os pregadores e artistas que cobram para ministrar ou cantar.
 
A carta de lamento diz que o caso de pequena importância foi tratado de forma generalizada pela grande mídia que não dá importância aos “verdadeiros problemas da sociedade brasileira”.
 
Porém, a direção da Convenção Batista Nacional também lamenta ver que os evangélicos estão sendo taxados de homofóbicos simplesmente por entender a prática homossexual como pecaminosa, e diz que os ativistas estão sendo preconceituosos contra os evangélicos.
 
“Lamentamos que os ativistas da causa GLTBS causem tanto barulho e sejam tão preconceituosos contra os evangélicos, acusando-nos de fundamentalistas religiosos ou repressores, enquanto eles mesmos não admitem tentar impor uma ditadura da minoria à sociedade brasileira, majoritariamente de moral cristã e regime familiar tradicional.”
 
Para eles problemas como a violência contra a mulher, a exploração sexual de crianças e adolescentes, o abandono de idosos e outros assuntos deveriam estar na agenda mundial para serem tratados com mais urgência que os direitos aos homossexuais.
 
Leia na íntegra:
Face ao tema desgastado, mas ainda não sepultado pela mídia envolvendo a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, tenho sido concitado a um posicionamento em nome de nossa denominação. A Diretoria da CBN vem apenas expressar seu lamento por situação tão pequena ganhar repercussão e dar vazão a um circo de vaidades:
 

Lamentamos que a igreja brasileira produza e promova pessoas com oratória inflamada, mesmo com argumentos fracos e não bíblicos, simplesmente por serem portadores de um carisma pessoal, capazes de envolver pessoas com suas performances extravagantes travestidas de manifestação de poder espiritual.
 

Lamentamos que as Sagradas Escrituras sejam vilipendiadas pelos ditos pregadores, desprovidos de capacidade de análise piedosa e pregação simples e sincera, pois falam do que não conhecem e tentam explicar o inexplicável, apenas para arrogar maior saber diante um auditório impressionado por alguém que diz convocar serafins à sua presença, transferir unção, proclamar coisas nunca antes ditas ou frases de efeito similares.
 

Lamentamos que a igreja brasileira alimente o ego dos seus artistas e conferencistas com pagamentos absurdos de cachês, na realização de eventos que visam apenas promoção das próprias igrejas ou ministérios, aumento da visibilidade dos promotores em projetos pessoais ou políticos, e ainda obtenção de algum lucro financeiro.
 

Lamentamos que os evangélicos sejam ludibriados ao escolher candidatos que os representem nas diversas instâncias do poder republicano, pessoas despreparadas para o exercício de um mandato público, que se apresentam como voz profética ou defensores do evangelho, mas na verdade estão desenvolvendo seus projetos de poder e projeção pessoal.
 

Lamentamos que o sistema legislativo do Brasil seja tão vulnerável às manipulações pelos grupos de interesse partidários ou econômicos, de modo que o funcionamento tanto da Câmara como do Senado Federal são pouco produtivos na elaboração de leis ou na regulamentação dos dispositivos do Estado, que visa o bem estar da população brasileira.
 

Lamentamos que a CDHM seja vista pelos deputados como uma comissão de pouca expressão, por não ter peso econômico, assim como lamentamos o uso eleitoreiro do controle dela por parlamentares evangélicos.
 

Lamentamos que o Poder Legislativo seja visto pela população brasileira como reduto de gente que advoga em causa própria, usufrui benefícios e mordomias, distribui cargos e verbas para amigos ou correligionários, barganha com o Poder Executivo na busca de vantagens políticas, acoberta condenados, promove a impunidade, onera os cofres públicos e pouco serviço presta à população.
 

Lamentamos que a grande mídia tome o caminho das generalizações e infle assuntos de pequena importância, omitindo a discussão sobre os verdadeiros problemas da sociedade brasileira, evitando expor nomes e situações daqueles que operam o grande orçamento da propaganda das empresas estatais, mostrando-se tão corrupta ou oportunista como os eventuais personagens que ocasionalmente se presta a denunciar.
 

Lamentamos que os evangélicos sejam taxados pelo neologismo de homofóbicos, simplesmente porque entendem a prática homossexual como pecaminosa e convidam à conversão aqueles que voluntária e livremente buscam ajuda espiritual para abandonar tal prática.
 

Lamentamos que os ativistas da causa GLTBS causem tanto barulho e sejam tão preconceituosos contra os evangélicos, acusando-nos de fundamentalistas religiosos ou repressores, enquanto eles mesmos não admitem tentar impor uma ditadura da minoria à sociedade brasileira, majoritariamente de moral cristã e regime familiar tradicional.
 

Lamentamos que os direitos dos homossexuais estejam na agenda mundial como tema de extrema urgência, enquanto o problema da violência contra a mulher, a exploração sexual de crianças e adolescentes, o abandono do idoso, a problemática da fome, o acesso à medicação e políticas de saúde, o trabalho escravo, a discriminação racial, a desigualdade social e outras mazelas não pareçam ser do interesse da mídia e do capital.
 

Lamentamos que todo dia as páginas dos jornais e sites de notícias estampem alguma informação inútil sobre a CDHM e seu controvertido presidente, que como parlamentar tem o direito de ocupar o cargo, mas como pastor deveria ter aprendido a não vociferar bravatas teológicas ou palavras frívolas em suas palestras religiosas, pois ele está sendo julgado, não pré-julgado, pelo que disse.
 

Lamentamos que todo esse imbróglio, de fato uma cortina de fumaça para distrair os tolos e ocupar gente ociosa com causas estéreis, a verdade, a justiça e os direitos humanos sejam as verdadeiras vítimas nesse circo de vaidades, pois nenhum tema propositivo de significância foi gestado pela CDHM nos últimos tempos, e de agora em diante, nada se deve esperar.
 

Lamentamos que a igreja evangélica brasileira tenha sido levada a tal paradoxo ético: Como se posicionar a favor de um deputado pastor falastrão despreparado teológica e politicamente? Como endossar a abordagem preconceituosa, mentirosa e oportunista promovida pela mídia, a serviço dos movimentos GLTBS e dos interesses políticos escusos, que usam a situação para tirar o foco de outros personagens e temas?
 

Lamentamos ter que falar, quando mais sábio seria ficar calado.
 
Pela Diretoria da Convenção Batista Nacional
Pr. José Carlos da Silva – Presidente
 

Fonte: Gospel Prime / webradiocasc.com.br

Rachel Sheherazade explica por que defendeu o pastor Marco Feliciano

A jornalista Rachel Sheherazade, 39, aproveitou sua participação no programa "A Máquina" (TV Gazeta) para esclarecer uma polêmica.
 
Após defender no "SBT Brasil" a permanência do pastor Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, um grupo de empregados de sua emissora se rebelou e quis fazer um abaixo-assinado intitulado "Rachel não nos representa".
 
"Eu fiz um comentário sobre o deputado Marco Feliciano e deixei as opiniões dele de lado", disse. "Meu foco era a democracia, que eu achava que estava sendo colocada em risco."
 
"Defendi a permanência dele na Comissão de Direitos Humanos por um princípio democrático", afirmou. "O Feliciano foi eleito por uma maioria para ser deputado".
 
"É um efeito democracia: nem tudo agrada", concluiu.
 
Rachel confessou também que, às vezes, tem reações muito explosivas.
 
"Devo ser bipolar: sou superboazinha, sou supermeiguinha, mas não pise no meu calo, que eu viro fera", comentou.
 
O programa vai ao ar na terça-feira (16), a partir das 23h30.
 
Fonte: F5 / webradiocasc.com.br

'Ex-gay', pastor e deputado do PSB revela: 'Não posso ficar junto de homem porque a carne é fraca'

Sem medir palavras para evitar polêmicas, o deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSB) tem criado animosidades até dentro do próprio partido que faz parte por conta das suas posições. 
 
 
Responsável pela Fundação Doutor Jesus, centro de reabilitação para dependentes químicos localizado em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, o parlamentar se diz "ex-homossexual, ex-drogado e ex-bandido". Ele também afirma ter "quase certeza" de ter sido infectado pelo vírus HIV – embora não haja diagnóstico que comprove a assertiva– e curado "pela fé". Diante dos protestos que envolvem a permanência do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) à frente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, Isidório subiu ao altar e defendeu o colega.
 
Em entrevista ao Bahia Notícias, ele ratifica as posições de Feliciano e defende inclusive a afirmação do parlamentar de que "africanos são descendentes amaldiçoados de Noé". "A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. (...) [Por isso], o Pastor Marco Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição", interpretou. 
 
Ele diz que ficou insatisfeito com nota de repúdio lançada pelo PSB, credita o comunicado "aos viados e viadas lá dentro" e discorda das posições da presidente estadual da legenda, a senadora Lídice da Mata. "Ela é de Oxum e eu sou de Jesus. Eu também já fui de Oxum quando era homossexual", comparou. Ao salientar não temer ser expulso da sigla, afirmou que "se essas desgraças [partidos] prestassem, eram inteiros". 
 
Apesar de suas convicções, o religioso ainda titubeia quando volta seus olhos para o mundo terreno. "O pastor é humano. Claro que eu tenho medo de recaída. Eu não posso ficar junto de um homem muito tempo porque a carne é fraca", estremeceu.
 
Fonte: Bahia Notícias / webradiocasc.com.br

Mãe evangélica entrega filho acusado de matar um estudante de 19 anos

A família do adolescente preso por matar um estudante de 19 anos no bairro Belém, zona leste de São Paulo (SP), na terça-feira (9), é evangélica, ficou surpresa com o crime e não vê razões para o jovem ter cometido o crime.

 
 
A irmã do acusado descobriu que seu familiar estava envolvido no homicídio pela semelhança entre o irmão e a pessoa que aparecia nas imagens das câmeras de segurança. Além disso, ela estranhou o fato do irmão chegar em casa com um celular novo, logo após o assalto de terça.
 
O acusado matou o estudante Victor Hugo Deppman de 19 anos, cursava a graduação de Rádio e TV na Faculdade Cásper Líbero, quando chegava em casa.
 
A família do assaltante disse que ele deve sim pagar pelo crime. A mãe evangélica foi quem levou o filho até o Fórum da Infância e Juventude, no Brás, centro de São Paulo (SP), na noite da quarta-feira (10), para que ele se entregasse a Justiça.
 
Vizinhos do adolescente preso contaram que ele frequentava desde pequeno às reuniões da igreja junto a família e já chegou a fazer pregações na Cracolândia. A irmã afirma que o rapaz passou pela Fundação Casa, onde cumpriu medida socioeducativa anteriormente, mas teve uma criação religiosa e foi bem orientado.
 
A família mora na Favela Nelson Cruz, no bairro do Belém, mesmo endereço do garoto morto e onde o homicídio ocorreu. Segundo a família, a casa de dois cômodos, onde moram, foi revistada na última quarta-feira (10) pela Polícia Militar.
 
"Não está certo invadirem a minha casa como fizeram, dizendo que meu irmão é vagabundo, que é assassino. Eles queriam fazer a prisão aqui, mas não sabiam que ele já estava no Fórum se entregando", afirmou a irmã.
 
Ela contou ainda que não foram encontradas drogas e armas em sua casa.
 
A versão dada pelo adolescente para o crime foi a de que ele queria apenas o celular, mas se assustou quando ouviu o universitário dizer que era policial.
 
Fonte: Christian Post / webradiocasc.com.br

Pastor Silas Malafaia revela conversa com Eduardo Campos

A corrida pela eleição presidencial de 2014 já começou e os líderes evangélicos provavelmente exercerão papel de grande destaque no debate de ideias para o pleito.

 
O pastor Silas Malafaia concedeu entrevista à jornalista Luciana Nunes Leal, do jornal O Estado de S. Paulo, e afirmou que se reuniu recentemente com o governador do Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) para tratar do assunto.
 
Segundo Malafaia, Campos já dá como certa sua candidatura para concorrer à presidência da República e diz que não aceitará interferências em seu partido: “O governador Eduardo Campos disse: ‘’eu vou ser candidato a presidente da República e ninguém vai dizer o que meu partido deve ou não deve fazer, se deve ou não deve ter candidato’. Disse em alto e bom som”, afirmou o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).
 
Silas Malafaia no entanto, diz que suas conversas com Campos sobre essa questão não significa que o apoio já está fechado ao candidato pernambucano: “Ainda estamos cedo nesse processo”, alegou o pastor, que em 2010, ensaiou um apoio à ex-ministra Marina Silva, filiada ao PV à época, e terminou apoiando José Serra (PSDB-SP).
 
Malafaia diz que conversou com Campos sobre a questão envolvendo Marco Feliciano (PSC-SP), e que o governador pernambucano disse não concordar com as ideias do pastor que é presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), mas que se ele foi eleito “pelo povo e pelo colegiado”, tem o direito de ocupar a cadeira: “Ele foi sincero, disse que é contra o Marco Feliciano, que está do outro lado, mas que o direito vale para todo mundo”, relatou Silas Malafaia.
 
Ainda sobre a questão, Silas Malafaia disparou contra o Partido dos Trabalhadores: “O que eu tenho dito e repeti para o governador é que o PT radicaliza de tal forma que acaba levando os evangélicos a ficarem contra ele. Com José Genoino e João Paulo Cunha (deputados condenados no processo do mensalão) na Comissão de Constituição e Justiça, que moral tem o PT para falar de Feliciano na Comissão de Direitos Humanos?”, indagou o pastor da ADVEC.
 
Outra questão envolvendo pontos de vista dissonantes entre o PT e Eduardo Campos foram tratados durante a conversa que Silas Malafaia relatou ao Estadão: liberdade de imprensa. Segundo Malafaia, Campos se posiciona contra o controle externo da mídia.
 
“Ele disse que regulação de conteúdo é muito perigosa. Deixei claro que nós evangélicos estamos muito preocupados de cercearem nossa pregação, que defendo a liberdade de imprensa até para falarem mal de mim”, disse Malafaia.
 
Fonte: O Nortão / webradiocasc.com.br

sexta-feira

Agentes penitenciários do Presídio de Sapé, distribuiem cestas básicas para familiares de presos

Agentes Penitenciários doam cestas Básicas para Famílias de Presos

 
Os agentes penitenciários que prestam serviços no presídio Regional de Sapé, fizeram no dia de hoje, a distribuição de Cestas básicas para famílias dos reeducandos que cumprem pena naquela casa penal. 

 

 
O fato se deu por iniciativa dos reeducandos que durante a semana não quiseram almoçar justamente para doar os seus almoços durante toda a semana, para pessoas carentes. A direção daquela casa logo identificou famílias dos próprios reeducandos que não participam de nenhum programa do Governo Federal e distribuiu 30 cestas básicas, para essas pessoas.
 
 
Ao entregar as cestas  que foram feitas pelos Agentes Penitenciários do Presidio de Sapé, o Pastor Silva Neto, Diretor do Presídio, foi procurado por nossa reportagem, e disse que a ideia de doar alimentos para estas famílias foi dos nossos Agentes que atua naquela Unidade Prisional, que se compadeceram da situação que vivem aquelas pobres mulheres. "Portanto, quero  parabenizá-los por tão nobre e belo ato de solidariedade e amor ao próximo", finalizou o Pastor Diretor.
 
webradiocasc.com.br

Show da banda 'Diante do Trono' em Cabo Frio, RJ, é cancelado

O show da banda evangélica "Diante do Trono", que aconteceria nesta quinta-feira (11), em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, foi cancelado. O motivo é a estrutura da micareta Cabo Folia, realizada em janeiro, que ainda ocupa o espaço de eventos, onde a apresentação aconteceria.

 
 
A Avicorp Turismo e Eventos informou que ainda não tem uma data definida para o show, e que o valor dos ingressos será devolvido nos postos de vendas. Procurada pela Inter TV, a empresa afirmou que chegou a pagar hospedagem, segurança, alimentação dos cantores, e que como previsto no contrato, já sabia que não iria ser ressarcida pelo pagamento. Para não ter prejuízos com o cachê dos artistas,a empresa preferiu cancelar o show, quando encontrou o lugar ocupado pela estrutura do Cabo Folia.
 
A produção do Diante do Trono, nega a informação da Avicorp Turismo e Eventos e, em nota enviada à redação, informou que foram consultados pela empresa sobre a estrutura existente no local. A produção do grupo também informou que nenhum dos requisitos contratuais foram cumpridos, como passagens, hospedagem, alimentação e transporte de equipamentos. Além disso, frisou que o evento não havia entrado na agenda de shows, justamente pelo não cumprimento dos requisitos contratuais.
 
Segundo a prefeitura, a organização do Cabo Folia já tinha sido notificada duas vezes. O prazo para retirada da estrutura do espaço de eventos vence nesta quinta-feira (11). O superintendente de posturas de Cabo Frio, Wilson Lobato, diz que a determinação não foi cumprida e que a empresa será autuada. Dependendo da avalaição dos fiscais, a empresa pode receber uma multa de até R$ 5 mil por notificação.
 
Um dos sócios da FTR Eventos, produtora responsável pelo Cabo Folia afirmou que a estrutura que permaneceu no local iria ser utilizada em outros eventos da prefeitura. A empresa disse ainda, que não desmontou a estrutura por estar com muitos outros serviços pendentes, que tinham mais urgência. A empresa também não sabia da existência do show do Diante do Trono.
 
Pelo menos 5 mil ingressos foram colocados à venda no primeiro lote. As pessoas que compraram o ingresso terão o dinheiro devolvido a partir de segunda-feira (15) nos postos de venda.
 
Fonte: G1 / WEBRADIOCASC.COM.BR

Pastor Marco Feliciano atribui sucesso do cantor Caetano Veloso ao diabo

Em um novo vídeo publicado nessa terça-feira (9/4) na internet, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Marco Feliciano (PSC-SP) diz que Caetano Veloso vendeu 1,5 milhão de cópias de um CD por ter sido “tocado” pelo diabo.

 
 
Feliciano diz que, apesar de outros cantores já terem interpretado a canção “Sozinho”, principal música do CD em questão, apenas a versão de Caetano teria sido um sucesso de vendas em 1998.
 
“Alguns anos atrás, um cidadão sentado em um banquinho, fazendo um show com uma viola, cantou uma música cujo nome é ‘Sozinho’e em uma semana e meia vendeu 1 milhão de cópias. O pessoal da mídia foi rastrear a música e descobriram que Sandra de Sá gravou a música e Tim Maia também, e ninguém canta melhor que os dois”, disse Feliciano, em um culto sem data divulgada.
 
Segundo pastor, em entrevista, o cantor disse que suas músicas fazem sucesso porque são abençoadas pelo diabo.
 
“Caetano disse ‘é simples. O meu segredo é Mãe Menininha do Patuá (sic), antes de gravar eu levo pra ela e canto pra ela. Ela, possuída pelos orixás, diz assim: pode gravar que eu abençoo” contou para a plateia. 
 
“Você entendeu ou não? Não subestime o diabo porque ele tem poder”, explicou.
 
O pastor faz referência à Mãe Menininha do Gantois, mãe-de-santo famosa na Bahia, que morreu em 1986, 12 anos antes do sucesso de “Sozinho” na voz de Caetano.
 
Feliciano contrapõe Caetano e a cantora pop americana Lady Gaga a estrelas gospel, e diz que “se o diabo vai à Bahia e levanta um que vende 1 milhão de cópias”, Deus também levanta os cantores da igreja. 
 
“Se o diabo tem uma Lady Gaga que canta e encanta, o meu Jesus tem uma Lady Shirley”, diz ele se referindo a uma cantora gospel.
 
Fonte: Tribuna da Bahia / WEBRADIOCASC.COM.BR

Pastores elegem em Brasília presidente da Assembleia de Deus

Vinte quatro mil ministros e pastores das igrejas Assembleia de Deus elegem nesta quinta-feira (11), em Brasília, um novo presidente da denominação evangélica. Os pastores José Welligton, de São Paulo e atual presidente, e Samuel Câmara, de Belém do Pará, disputam o posto.

 
 
O deputado Marco Feliciano (PSC- SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, é assediado por fiéis durante a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, em Brasília, nesta quinta (11). (Foto: André Dusek/Estadão Conteúdo)
 
A eleição, que também escolhe 17 membros da direção da igreja, ocorre no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. A convenção geral começou no dia 8 e se encerra nesta sexta (12), prazo máximo para divulgação do resultado da votação. A cerimônia de posse do eleito vai ser realizada ainda no último dia do evento.
 
O atual presidente está na função há 25 anos. O candidato de oposição concorre à presidência pela terceira vez. O próximo presidente vai comandar a denominação evangélica por quatro anos. A Assembleia de Deus tem cerca de 12 milhões de fieis e um patrimônio que inclui uma editora e uma fundação educacional.
 
Além da eleição, durante o encontro são promovidos estudos bíblicos e cultos, estes últimos aberto ao público em geral.
 
Marco Feliciano
O pastor da Assembleia de Deus e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC), fez uma rápida visita ao evento para participar da votação da presidência da igreja. Ele chegou no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade por volta das 12h20 desta quinta.
 
Feliciano visitou o estande da editora da Assembleia no local e tirou fotos com os presentes.
 
Para o pastor da Assembleia de Deus em Salvador (BA) Miguel Pereira, a convenção geral, que acontece a cada dois anos, é importante para unir os membros, trocar experiências e traçar os rumos da denominação para os próximos anos. "É sempre bom se reunir, encontrar velhos amigos de outros estados e ver a movimentação. A votação é feita de maneira democrática, com liberdade de expressão. É muito bonito ver isso", disse.
 
Fonte: G1 / WEBRADIOCASC.COM.BR

quarta-feira

O CASC-PB APOIA ESTA OBRA PROJETO BROTAR

AJUDE ESTA OBRA A AJUDAR AS FAMILIAS DA SECA

 

O CASC-PB, APOIA ESTA OBRA JUNTO COM O PASTOR RESPONSAVEL PASTOR CARLOS FERREIRA, PARA AJUDAR ENTRE EM CONTATO PELO TEL. (83) 8850-8972

 

APOIO: CENTRO DE AÇÃO SOCIAL E COMUNITARIO ACADEMIA ESPERANÇA DO ESTADO DA PARAIBA. CASC-PB.

 

Promotor de Justiça diz que: O Pastor Silva Neto deveria Gerenciar o sistema penitenciário Paraibano.


O promotor de Justiça Paraibano Dr. Marinho Mendes, um dos mais conceituados e respeitado Membro do Ministério Público da Paraíba, preocupado com os problemas existentes no sistema penitenciário, pois o mesmo é membro do conselho Estadual de Direitos Humanos.
 
Disse em  sua página de relacionamento  na web "FACEBOOK" que quem deveria ser o gerente do sistema penitenciário, era o Pastor Silva Neto.
 
 
Marinho Mendes: 'SRª. GERENTE, O QUE É PRESÍDIO BOM?' - Leia a Coluna
 
 Haja vista o trabalho que vem fazendo junto ao presídio Regional de Sapé, ser digno de elogio. O promotor disse: "Silva Neto, você é o nome para gerenciar um PROJETO DE RESSOCIALIZAÇÃO que ainda deve ser elaborado, criado. Você conhece a temática e pode dar uma grande contribuição, inclusive na construção de um presídio bom". 
 
Com a palavra o senhor Governador do Estado Ricardo Coutinho, que esta foi uma grande acertada, quando nomeou Silva Neto como Diretor.
 
WEBRADIOCASC.COM.BR

terça-feira

A DOR DA SEPARAÇÃO DE DEUS

Uma das piores dores que um ser humano pode sentir é a dor da separação. Podemos ter uma ideia disso quando vemos o sofrimento de uma mãe que teve o filho separado de seus braços pela morte.


Agora, imagine a dor de um filho, ainda menino, que, por conta da separação de seus pais, tem que passar a viver longe da sua mãe ou do seu pai que tanto ama. Pois é, essas dores não se comparam com a dor de alguém que viveu com Deus, e não vive mais.

A maior dor de Satanás, transformada em cólera, não é o inferno e o lago de fogo, preparados para ele, e sim, ter sido expulso do céu sem nunca mais poder desfrutar da amizade e presença do Deus Todo-Poderoso.

“E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.

...Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta.”
Apocalipse 12.9;12


Por esta razão, para se vingar de Deus, ele trabalha incansavelmente e com pressa de levar o maior número de almas possível para o inferno, lugar que foi preparado para ele e seus anjos.

Nas Caravanas do Resgate, temos nos deparado com pessoas que um dia serviram a Deus como obreiros, pastores, auxiliares, e que hoje se encontram separados do Senhor Jesus. O estado normal dessas pessoas é de tormento, angústia e, principalmente, de dor, por lembrar:

"Quando fazia resplandecer a sua lâmpada sobre a minha cabeça, quando eu, guiado por sua luz, caminhava pelas trevas; como fui nos dias do meu vigor, quando a amizade de Deus estava sobre minha tenda...” Jó 29.3-4


Por isso, obreiros, membros, pastores, bispos e esposas; ou seja, todos nós cada vez mais devemos valorizar o alto e inestimável privilégio de desfrutar da presença, do amor e da misericórdia de Deus em nossas vidas. Pois, como deve ser triste, torturante e desesperador viver separado de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo; viver com um buraco (vazio) dentro de si. Somente quem está longe dEle pode descrever tal situação.

E o que dizer da segunda morte? Já que a primeira significa a separação do corpo e da alma, a qual todos nós teremos que enfrentar um dia, a segunda é a separação eterna da alma de Deus.

“Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” Apocalipse 20.14-15

É apavorante só de imaginar a dor das pessoas entrando no inferno conscientes de que passarão a conviver separadas de Jesus, O qual Se deu como Sacrifício, derramando Seu sangue na cruz para salvá-las deste futuro cruel, e elas O rejeitaram.
Deus nos livre!

“Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.” Hebreus 2.1


Deus os abençoe.

Minissérie bíblica é uma das maiores audiências da TV

Desde que foi anunciada, a produção da minissérie sobre a Bíblia do History Channel se consagrou como o novo sucesso de audiência da TV a cabo. Embora não seja a maior da história, a audiência do primeiro capítulo, que foi ao ar domingo, não conseguiu bater o recorde, mas o número de telespectadores chegou a 13.1 milhões, com 3.3 milhões entre o público alvo. Como teve reprise na mesma noite, chegou a 14.8 milhões, com 5 milhões entre o público alvo.
 
Embora a crítica especializada não tenha gostado a maneira como Mark Burnett e sua esposa, Roma Downey, que são evangélicos, abordaram as conhecidas histórias da Bíblia. Entre os americanos religiosos, a série foi aprovada pelos líderes e bastante celebrada, tendo inclusive uma campanha favorável nas redes sociais. Algo similar ao que aconteceu com as séries brasileiras da Record, como Rei Davi e José.
O canal History celebra a sua noite mais bem sucedida na trajetória do canal, ajudando outra série que também estreou domingo: Vikings, que teve público estimado em 6.2 milhões.
A série “The Bible” tem 10 horas de duração e nos próximos 4 domingos poderá se consolidar como um dos maiores sucessos da TV moderna. O primeiro impacto foi sentido nas declarações como a de Joel Osteen, pastor da megaigreja Lakewood, a maior dos EUA “Este foi um feito incrível! Nós celebramos este seu sonho se tornando realidade”, disse.
O pastor Rick Warren, da igreja de Saddleback também comemorou “O mundo está respondendo [à Bíblia] com um interesse esmagador. Deus está trabalhando! Só podemos imaginar como será quando a verdadeira estrela do show aparece na tela”. Jesus, interpretado pelo ator Português Diogo Morgado, fará sua primeira aparição na série em 17 de março.
Roma Downey e Mark Burnett agradeceram o apoio dos cristãos através da internet. “Nós sabemos que Deus agiu na noite passada. Pessoas de todas as denominações mostraram o poder que pode ser exercido sobre nossa cultura, quando se unem com um propósito e visão em comum. O mundo ganha quando a Igreja está unida”.
Durante as quase duas horas do primeiro capítulo, o assunto chegou a ser o mais comentado no Twitter. “Este livro é vivo. Hoje, mais americanos e canadenses estão falando sobre o povo escolhido de Deus”, disse Burnett. ”Eles estão pensando mais agora sobre a fidelidade e perseverança de Noé, Abraão e Moisés do nos últimos tempos”. Ele acrescentou, “Elas são a base de nossa fé, a base das nossas leis e a base desta nação.”
Após a estreia, Scot Cru, diretor de Distribuição Internacional da produtora da série comemorou: “O mundo está falando sobre a Bíblia. Pessoas de todo o mundo estão pedindo para ver a série em seus países”.
Fonte: Gospel Prime / webradiocasc.com.br

segunda-feira

Queimados em praça publica por serem pegos lendo a Bíblia!

Queimados em praça publica por serem pegos lendo a Bíblia!

Queimados em praça publica por serem pegos lendo a Bíblia!

O cristianismo está perto da extinção no Oriente Médio devido às perseguições religiosas. A afirmação faz parte do relatório de um estudo divulgado em dezembro de 2012 pela Universidade de Oxford (Inglaterra) e publicado no jornal britânico The Thelegraph.

Segundo o estudo, conduzido pelo professor Rupert Shortt, “os cristãos são o grupo religioso mais perseguido do mundo”. Concluiu-se também que a maior ameaça aos cristãos em países do Oriente Médio vem justamente dos muçulmanos; e que muitas vezes a mídia mundial não faz a devida cobertura do assunto por medo de ser taxada de preconceituosa ao atacar grupos islâmicos.
Shortt explica que aproximadamente 200 milhões de cristãos em todo o mundo sofrem com “perseguição, opressão ou prejuízo social devido à sua fé”. Menciona ainda que, nos países onde casos de perseguição aos cristãos são rotineiros, muitos políticos fazem vista grossa para a questão: “Expor e combater o problema, na minha opinião, deveria ser prioridade política em muitos lugares do mundo. Como este não é o caso, a situação nos diz muito sobre uma hierarquia questionável”, afirmou.
O estudo cita ainda que a “cristofobia” – termo que intitula o relatório – é resultado do medo que os governos orientais têm em relação à religião cristã. Shortt afirma que muitos governantes vêem o cristianismo como uma ameaça a seus governos. A recente divulgação de um documento do governo chinês, que classifica o cristianismo como uma “doença”, reforça a tese.

O cristianismo está perto da extinção no Oriente Médio devido às perseguições religiosas. A afirmação faz parte do relatório de um estudo divulgado em dezembro de 2012 pela Universidade de Oxford (Inglaterra) e publicado no jornal britânico The Thelegraph.

Segundo o estudo, conduzido pelo professor Rupert Shortt, “os cristãos são o grupo religioso mais perseguido do mundo”. Concluiu-se também que a maior ameaça aos cristãos em países do Oriente Médio vem justamente dos muçulmanos; e que muitas vezes a mídia mundial não faz a devida cobertura do assunto por medo de ser taxada de preconceituosa ao atacar grupos islâmicos.

Shortt explica que aproximadamente 200 milhões de cristãos em todo o mundo sofrem com “perseguição, opressão ou prejuízo social devido à sua fé”. Menciona ainda que, nos países onde casos de perseguição aos cristãos são rotineiros, muitos políticos fazem vista grossa para a questão: “Expor e combater o problema, na minha opinião, deveria ser prioridade política em muitos lugares do mundo. Como este não é o caso, a situação nos diz muito sobre uma hierarquia questionável”, afirmou.

O estudo cita ainda que a “cristofobia” – termo que intitula o relatório – é resultado do medo que os governos orientais têm em relação à religião cristã. Shortt afirma que muitos governantes vêem o cristianismo como uma ameaça a seus governos. A recente divulgação de um documento do governo chinês, que classifica o cristianismo como uma “doença”, reforça a tese.

WEBRADIOCASC.COM.BR