terça-feira

Em época de carnaval, evento gospel reúne multidão em Arraial do Cabo, no Rio Janeiro - RJ

Em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, a agitação deste fim de semana ficou por conta do 2º Arraial Gospel, que sacudiu a cidade com a alegria de um público que abre mão dos blocos carnavalescos e micaretas, para celebrar a fé ao som de bandas e cantores da música gospel. O evento foi encerrado neste sábado (26).
 
A abertura aconteceu na quinta-feira (24) no Estádio Municipal Hermenegildo Barcellos e contou com a presença Davi Passamani, Tiago Godói e Thalles Roberto, músicos conhecidos no meio gospel. Segundo informações da prefeitura, o primeiro dia reuniu cerca de 30 mil pessoas no local. O segundo dia foi marcado por dois grandes artistas do mundo gospel, Salomão do Reggae e Fernandinho.
 
Jovens, crianças e idosos de várias cidades do estado fizeram caravanas para participar do evento. Trinta barracas de comida foram montadas na praça de alimentação. Na parte das bebidas só se vendia refrigerante, suco e água, nada de bebida alcoolica. Segundo a organização do evento, os trabalhadores dessas barracas não foram remunerados, a renda da alimentação será totalmente revertida para obras de caridade.
 
“Esse é o objetivo e o foco dessa grande festa. Três dias de dedicação a Deus. Inclusive, a chave da cidade foi entregue e consagrada em um momento muito especial da festa”, declara Henrique Barreto, secretário de Esporte e Lazer e também organizador do evento.
 
Grupo de amigos abriram mão das micaretas pelo
show gospel (Foto: Paloma Furtado/G1)
 
 
A jovem Natália Gomes, de 19 anos, é uma das que participou da celebração junto com os amigos. Ela veio de São Pedro da Aldeia para curtir o show do cantor Thalles Roberto. “Este é um momento para aprendermos mais e mostrar que nós somos um povo muito alegre e animado”, diz Natália.
 
O Cabofolia, uma das maiores micaretas do estado do Rio de Janeiro, aconteceu durante os mesmos dias do evento, na cidade vizinha, Cabo Frio. Alguns jovens da região ficaram divididos entre as atrações. Quem foi ao Gospel, garantiu que os shows são animados e não deixa nada a desejar para os carnavais convencionais que acontecem na região.
 
“Um amigo me convidou, estava junto com outros amigos e ficaram insistindo, foi quase que a força, não tive escolha. Quando vim, queria estar no Cabofolia, mas depois do show do Thalles, pretendo voltar em um dos outros dias”, conta Emerson Pereira, morador de São Pedro da Aldeia
 
Perguntado sobre a consciência das datas, o organizador do evento, Henrique Barreto, diz que foi proposital. “O Cabofolia é algo mais agitado e, nesta época do ano, diversos turistas estão na cidade e na região para descansar, procurando um evento mais tranquilo. Então a gente dá essa segunda opção, principalmente de forma gratuita. E, claro, somos uma cidade turística, vivemos da renda do turismo também; com o evento, arrecadamos renda para o município”, disse o secretário.
 
Fonte: G1 / webradiocasc.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário