sábado

Pastor e menor simulam sequestro para tentar esconder relacionamento ate quando esse falso profeta iram esta desonrando a classe religiosa

Um pastor de 39 anos e uma adolescente de 15 anos são suspeitos de simular sequestro para esconder um suposto relacionamento entre eles, em São Carlos (SP).

 
 
 
 A jovem estava desaparecida desde sexta-feira (21) e, como a mãe registrou queixa na polícia, eles resolveram inventar a farsa, mas acabaram confessando na noite de segunda-feira (24).
 
De acordo com a Polícia Civil, a menor saiu de casa na sexta, por volta das 15h30 quando a mãe trabalhava. Ela chegou a mandar mensagens de texto dizendo para a mãe não envolver a polícia. Dias antes, a família teria recebido a visita de um pastor de uma igreja evangélica.
A adolescente fugiu com o homem para Catanduva, na região de Ribeirão Preto e, como a mãe procurou a polícia, eles decidiram simular o sequestro.
 
Eles voltaram para São Carlos na segunda e a adolescente foi deixada em um canavial, próximo a um condomínio. O pastor procurou os pais para dizer que teve uma visão de onde ela estaria.
saiba mais
 
Ao chegar ao local, os pais encontraram a jovem amarrada e desconfiaram que o pastor tinha participação no sequestro. A polícia foi chamada e os dois assumiram que se tratava de uma armação e que eles estavam namorando.
 
Em depoimento, a jovem disse que mantinha relações sexuais com o pastor por vontade própria. Ela passou por exames do Instituto Médico Legal (IML) e os dois foram liberados.
 
O caso agora será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). O boletim de ocorrência foi registrado como encontro de pessoa e subtração de incapaz. A policia vai investigar se houve abuso sexual e se a adolescente está sendo coagida.
 
A lei de 2009 considera crime de ‘estupro de vulnerável’ quando o ato sexual é com menores de 14 anos.
 
Fonte: G1 / webradiocasc.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário