segunda-feira

Pastor é espancado no Vietnã por implantar uma igreja evangélica

Um Jovem pastor vietnamita foi espancado por um grupo radical quando se recusou a ajoelhar-se diante deles por ter implantado uma igreja evangélica naquela localidade. Na cultura local, o ato de ajoelhar-se perante a outra pessoa significa admissão de erro e culpa.
 
O incidente aconteceu há um mês após uma visita a novos convertidos. As autoridades locais proibiram os pastores de implantar novas igrejas mas o pastor Vinh (nome fictício) permaneceu firme e não negou sua fé em Jesus Cristo.
Como Vinh negou-se a ajoelhar-se o chefe da gangue bateu diversas vezes nos seus joelhos. Mesmo assim, Vinh não se curvou aos bandidos e então o líder da gangue com raiva bateu com sua arma duas vezes na mandíbula do pastor, que quebrou em quatro partes. O pastor não aguentou e caiu de bruços no sargeta e os bandidos fugiram do local.
Um policial estava presente a paisana no local, mas nada fez. Segundo a publicação o Diário, no Vietnã, as autoridades de aldeias tribais, contratam bandidos para intimidar os cristãos e impedir assim a implantação de novas igrejas. Eles ameaçam os pastores tentando fazê-los desistir. Esses incidentes são vistos pelas autoridades locais como casos isolados de vandalismo, sem expressão, como pequenos delitos.
Apenas dois dias antes do ataque, Vinh estava em um congresso de treinamento pastoral ministrado pela Portas Abertas Internacional, em Ho Chi Minh, capital do Vietnã. “Ele era um dos estudantes mais promissores da classe”, comentou o pastor de Vinh. “Ele era apaixonado por compartilhar a palavra de Deus e tinha um profundo amor por Jesus”.
Cristãos de diversos locais se reuniram para orar, assim que souberam o que tinha ocorrido com o jovem pastor. Durante dois dias eles intercederam fervorosamente e jejuaram para a cura do pastor. Vinh, com muita fé em Deus, disse que as orações seriam suficiente para curar suas feridas.
O médico de Vinh ficou espantado quando ele renunciou a uma cirurgia nas mandíbulas. Certa noite, o pastor viu Jesus Cristo à sua cabeceira. Quando ele acordou na manhã seguinte, sua mandíbula estava curada.
“Vinh está em plena recuperação” segundo um voluntário do Portas Abertas, que supervisiona a equipe no Vietnã. “Ele está se preparando para voltar à igreja que ele abriu para dar continuidade ao ministério pastoral”.
Fonte: Christian Post  / webradiocasc.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário