quarta-feira

Polícia procura fotógrafo paraibano acusado de matar professora

Familiares, amigos e alunos da professora universitária, Briggida Pereira dos Santos de 28 anos, encontrada morta nesta quarta-feira (20), no próprio apartamento do bairro dos Bancários, em João Pessoa, iniciaram nas redes sociais a ‘caça’ ao suspeito pelo crime.






 



Conforme os internautas, o ex-marido da professora, o conceituado fotógrafo paraibano Gilberto Lyra Stucker Neto, é apontado como responsável pelo assassinato da ex-mulher, morta por asfixia.

A campanha de procura nas redes sociais ganhou diversos compartilhamentos e já é uma das mais comentadas no Facebook.

A Polícia Civil está à procura do homem, que após o crime fugiu sem deixar pistas. A mãe da vítima revelou ao repórter Emerson Machado, TV Correio, que o Gilberto ligou pra ela dizendo que tinha feito uma 'besteira'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário