sábado

Polícia Militar realiza megaoperação para prender assaltantes

A pequena cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, localizada no Agreste do estado e distante cerca de 15 km de Campina Grande, está literalmente tomada por homens da Polícia Militar, que nesta sexta-feira, realizam uma megaoperação no local na tentativa de localizar e prender uma quadrilha responsável por vários assaltos na região.


07-Foto-do-solista-Rucker-Bezerra
Os trabalhos tiveram início ainda na noite de ontem, quando bandidos invadiram uma propriedade rural, pertencente ao um policial, e roubaram vários objetos. De acordo com os primeiros levantamentos da PM, os criminosos roubaram jóias, eletrodomésticos e dinheiro, causando um prejuízo de cerca de 20 mil reais.
Depois do crime, as autoridades foram informadas e começaram a realizar buscas. No final da manhã desta sexta (10), os agentes conseguiram prender três suspeitos nas proximidades do distrito de Campinote, no entanto, um fato inesperado aconteceu: um dos criminosos, identificado apenas como “Amadeu” conseguiu fugir de dentro da viatura policial.
De acordo com alguns agentes que participaram da ação, o assaltante conseguiu escapar por um matagal e mesmo estando algemado, não foi alcançado pelos PMs.
Neste momento, várias equipes da Polícia Militar pertencentes ao 2º e 10º BPMs estão realizando uma verdadeira operação pente-fino na região.
Na comunidade do Sítio Retiro, os agentes localizaram uma residência que funcionava como espécie de ‘fortaleza’ do crime. Lá, foram apreendidos vários objetos roubados como eletrodomésticos, motocicletas roubadas (alguma delas desmontadas), jóias, dinheiro e até uma pequena plantação de maconha.
Até agora, apenas dois bandidos foram presos, no entanto, as autoridades acreditam que a quadrilha é formada por pelo menos mais oito bandidos. Eles são apontados como responsáveis por várias ações criminosas na região polarizada por Campina Grande, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Esperança, Areial, Montadas e Remígio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário