sábado

Pastor e menor simulam sequestro para tentar esconder relacionamento ate quando esse falso profeta iram esta desonrando a classe religiosa

Um pastor de 39 anos e uma adolescente de 15 anos são suspeitos de simular sequestro para esconder um suposto relacionamento entre eles, em São Carlos (SP).

 
 
 
 A jovem estava desaparecida desde sexta-feira (21) e, como a mãe registrou queixa na polícia, eles resolveram inventar a farsa, mas acabaram confessando na noite de segunda-feira (24).
 
De acordo com a Polícia Civil, a menor saiu de casa na sexta, por volta das 15h30 quando a mãe trabalhava. Ela chegou a mandar mensagens de texto dizendo para a mãe não envolver a polícia. Dias antes, a família teria recebido a visita de um pastor de uma igreja evangélica.
A adolescente fugiu com o homem para Catanduva, na região de Ribeirão Preto e, como a mãe procurou a polícia, eles decidiram simular o sequestro.
 
Eles voltaram para São Carlos na segunda e a adolescente foi deixada em um canavial, próximo a um condomínio. O pastor procurou os pais para dizer que teve uma visão de onde ela estaria.
saiba mais
 
Ao chegar ao local, os pais encontraram a jovem amarrada e desconfiaram que o pastor tinha participação no sequestro. A polícia foi chamada e os dois assumiram que se tratava de uma armação e que eles estavam namorando.
 
Em depoimento, a jovem disse que mantinha relações sexuais com o pastor por vontade própria. Ela passou por exames do Instituto Médico Legal (IML) e os dois foram liberados.
 
O caso agora será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). O boletim de ocorrência foi registrado como encontro de pessoa e subtração de incapaz. A policia vai investigar se houve abuso sexual e se a adolescente está sendo coagida.
 
A lei de 2009 considera crime de ‘estupro de vulnerável’ quando o ato sexual é com menores de 14 anos.
 
Fonte: G1 / webradiocasc.com.br

sexta-feira

Igreja Universal condenada por coagir fiel a fazer doações

A Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada a pagar indenização de R$ 20 mil por ter coagido fiel a doar seus bens em troca de bênçãos. A decisão é da 9ª Câmara Cível do TJRS, que confirmou decisão de 1º Grau.



A mulher e seu companheiro ajuizaram ação na Comarca de Lajeado afirmando terem sido enganados e iludidos. A mulher narrou que o casal vinha passando por problemas financeiros, razão que a levou a procurar a Igreja Universal. Contou que, ao final de cada culto, os pastores recolhiam certa quantia em dinheiro e afirmavam que, quanto mais dinheiro fosse doado, mais Jesus daria em troca.


Salientou que, em função da promessa de soluções de seus problemas, realizou diversas doações: vendeu o veículo que possuía, entregou joias, eletrodomésticos, aparelho celular e uma impressora. Os autores pediram indenização por danos morais e materiais.


No 1º Grau, a Juíza Carmen Luiza Rosa Constante Barghouti condenou a ré a restituir os celulares e fax, dois aparelhos de ar-condicionado e uma impressora. Também determinou o pagamento de indenização por dano moral em R$ 20 mil.


A Igreja Universal recorreu da sentença. Alegou que não constrange seus fieis a entregar dízimos ou doações e que não há nenhuma prova de que a mulher estivesse provada de discernimento durante o período no qual frequentou a igreja. Salientou que ela passou a frequentar o local por vontade própria.


Apelação


Inicialmente, o relator da apelação, Desembargador Tasso Caubi Soares Delabary, salientou que, uma vez que o dízimo e a oferta, em regra, são atos de disposição voluntária voltados à colaboração com o templo religioso, podem ser classificados como doação. Mas destacou que a doação pode ser anulada quando a pessoa é coagida a doar, sob pena de sofrimento ou penalidades. Nesses casos, a violência psicológica é tão ampla e profunda que anula, por completo, a sensatez e a manifestação da vontade, salientou.


Citando decisão da magistrada de Lajeado, observou que as testemunhas ouvidas - dentre elas o pastos da igreja - confirmaram que a mulher, que era empresária, vinha passando por dificuldades financeiras.  Alguns dias depois de começar a frequentar  o local, ela teria dado um testemunho na igreja de que conseguira um bom contrato.


Os relatos de pessoas que frequentam a igreja explicaram como funciona a oferta, momento em que o pastor passa um envelope para os presentes realizarem doações. Uma delas contou que já entregou em torno de R$ 5 mil e um carro. Contaram também a respeito do voto quebrado. O fiel se compromete a uma determinada doação e recebe uma carta que, baseada em trecho da bíblia, traz as penalidades sofridas por quem não cumpre suas promessas.


A Juíza de 1º Grau apontou que a partir da prova testemunhal produzida, verifica-se que a instigação maior ao ato de doar é realizada nos dias da Fogueira Santa, ocasião em que os fieis são desafiados a realizarem donativos superiores, restando evidente que, apesar do consentimento externado pela doação, foi ele deturpado pela coação moral e psicológica exercida pela requerida [Igreja Universal].


Enfatizou que os depoimentos demonstram que a autora, juntamente com os demais fieis, foi desafiada a fazer donativos, inclusive superiores a sua capacidade financeira, com o objetivo de provar a fé e sob ameaça de não ser abençoada.


Danos materiais e morais


As testemunhas e documentos apresentados pela autora atestaram a entrega de dois aparelhos de ar-condicionado, um fax, uma impressora e uma cozinha. Parte desses bens foi devolvida aos autores, portanto foi determinada a restituição dos bens, conforme determinado na sentença. Quantos às doações que não foram comprovadas, não foi determinada sua devolução.


O dano moral foi mantido em R$ 20 mil, a fim de compensar a autora pelos danos sofridos e, ainda, inibir a condenada de práticas novos atos lesivos semelhantes. A quantificação do dano material (referente aos bens doados) será fixada na fase de liquidação de sentença.


A decisão é do dia 28/11. O Desembargador Leonel Pires Ohweiler e a Desembargadora Marilene Bonzanini acompanharam o voto do relator.


Apelação Cível nº 70051621894


Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul
Autor: Mariane Souza de Quadros

FONTE: http://juristas.com.br / webradiocasc.com.br
 

Bombeiros fazem culto evangélico nesta quinta-feira para celebrar o ano novo

O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) promove nesta quinta-feira uma celebração religiosa para comemorar a chegada de 2013. A partir das 19h30, será realizado um culto evangélico, celebrado pelo pastor Joel de Oliveira Bezerra, presidente da Convenção Batista de Pernambuco. 
 
Na sexta-feira, dia 27, está programada uma celebração católica com a presença do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A missa acontece às 19h30 no pátio do quartel do Comando Geral dos Bombeiros na Avenida João de Barros, no bairro da Boa Vista. 
 
Os eventos são coordenados pelo Gabinete de Assistência Religiosa, do Centro de Assistência Social, do CBMPE. Mais informações pelo fone 3282.9197.
 
Fonte: Diário de Pernambuco / webradiocasc.com.br

Criança morre eletrocutada ao cantar em igreja evangélica

Durante a noite de Natal, na última terça-feira (25), uma criança de 12 anos morreu após sofrer uma descarga elétrica do microfone quando cantava em uma igreja no município de Tarrafas, a 458 km de Fortaleza.
 
De acordo com autoridades, a criança cantava na igreja Assembleia de Deus quando sofreu o choque elétrico. A menina ainda foi levada ao hospital do município, mas não resistiu à descarga elétrica.
 
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do município de Iguatu, a 384 km de Fortaleza. O caso foi registrado pela Polícia por volta das 20h20min.
 
Esta semana outro caso parecido aconteceu na Argentina. Um rapaz de 25 anos identificado como Alberto Romero Frías, morreu eletrocutado durante um culto em uma igreja evangélica localizada na cidade de Misión de la Paz, na Argentina.
 
Segundo o Acontecer Cristiano, o jovem fazia parte do grupo de louvor da igreja e quando foi pegar o microfone para cantar levou uma descarga elétrica que o matou instantaneamente.
 
A causa da morte de Alberto foi “parada cardíaca devido a choque elétrico”, informou um funcionário do hospital que que o jovem foi atendido. A polícia investiga os motivos do choque fatal.
 
Fonte: Christian Post / webradiocasc.com.br

Policial confunde Bíblia com arma e mata coletor de lixo em Avaré, SP

Um coletor de lixo de 42 anos de idade morreu na noite desta quarta-feira (26) depois de ter sido atingido por um tiro no pescoço disparado por um cabo da Polícia Militar.

Segundo informações da Polícia Civil, o coletor de lixo caminhava pela rua Felix Fagundes, em Avaré (SP), quando foi abordado por policiais militares.
No momento da abordagem, ele levantou os braços, demonstrando não estar armado. O cabo da PM, no entanto, teria visto uma Bíblia no bolso do homem e, ao confundi-la com uma arma, atirou.
O funcionário público foi atingido no pescoço. Ele foi socorrido pelos próprios policiais até o pronto-socorro da cidade, mas não resistiu e morreu na mesma noite.
O coletor de lixo está sendo velado e deverá ser enterrado no Cemitério Municipal de Avaré às 9h desta sexta-feira (28).
O cabo da Polícia Militar foi detido e encaminhado ao presídio militar 'Romão Gomes', em São Paulo, onde ficará até a conclusão das investigações.
Fonte: G1 / webradiocasc.com.br

Danielle Favatto, ex de Romário casa com cantor gospel Kleber Lucas

Quando a então estudante Danielle Favatto começou a namorar Romário, na época no auge da carreira e da vida louca, muita gente estranhou porque a morena, evangélica, ia contra toda a postura do jogador.

O casamento até durou - de 1996 a 2001 - e eles tiveram uma filha, Danielinha, hoje com 15 anos. Mas Danielle não segurou a onda e decidiu seguir a vida.
Semana passada ela subiu ao altar com o pastor e cantor gospel Kleber Lucas, com quem mantém um relacionamento digno de conto de fadas, bem diferente da época em que Romário ia pegar a então na namorada de helicóptero na universidade. 
De acordo com a assessoria do cantor, o casal está curtindo a lua-de-mel em Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro
Separado desde 2008, Kleber Lucas é ídolo gospel. Ele tem dois filhos do primeiro casamento.
Fonte: O Fuxico / webradiocasc.com.br

quinta-feira

Pastor Yousef Nadarkhani preso novamente por autoridades iranianas, durante o Natal

O pastor iraniano Yousef Nadarkhani teria sido preso novamente, segundo informações de diversos sites internacionais, como Fox News e Christian Solidarity WorldWide(CSW).

Nadarkhani ficou mundialmente conhecido após ser preso sob acusação de apostasia. O processo contra o pastor previa a possibilidade de condenação à morte.
O pastor iraniano, após intervenção de diversos órgãos internacionais, além de lideranças políticas, foi absolvido da acusação de apostasia do islamismo, e acabou condenado a três anos de prisão por evangelizar muçulmanos. Como já estava preso a aproximadamente três anos, acabou sendo liberado em setembro, após pagamento de fiança.
Agora, Nadarkhani voltou a ser preso, sob ordem do diretor da cadeia onde cumpriu a pena. O argumento do responsável pelo presídio de Lakan é que o pastor foi solto alguns dias antes do prazo correto, devido à pressão exercida por seu advogado, Mohammed Ali Dadkhah.
A nova prisão aconteceu ontem, 25/12, no dia de Natal, e seria supostamente apenas para completar o período restante da pena, além de resolver trâmites burocráticos.
Após sua soltura, Nadarkhni participou de uma conferência da CSW, em Londres, onde testemunhou sobre seu tempo na prisão e agradeceu pelas orações em seu favor.
Um dos diretores da CSW, Mervyn Thomas, lamentou que o pastor tenha sido preso novamente: “Estamos decepcionados ao ouvir que o pastor Nadarkhani foi devolvido à prisão de uma maneira tão irregular. O momento é insensível e especialmente triste para sua esposa e filhos, que devem ter estado ansiosos para celebrar o Natal com ele, pela primeira vez em três anos. Esperamos que pastor Nadarkhani seja liberado sem demora, uma vez esta fase alegada foi totalmente cumprida. Nós também estamos pedindo orações para a segurança do pastor, e para sua família neste momento difícil”.
Fonte: Gospel+ / webradiocasc.com.br

Ana Paula Valadão fala sobre a produção do DVD “Creio”, que recebeu Disco de Platina

O DVD Creio, lançado recentemente pelo ministério Diante do Trono, recebeu o Disco de Platina 15 dias depois de seu lançamento. 15º álbum da Série Diante do Trono, o trabalho foi gravado no Sambódromo de Manaus, e reuniu um público de 350 mil pessoas.

A líder do Diante do Trono, a cantora e pastora Ana Paula Valadão, concedeu uma entrevista, divulgada por sua assessoria de imprensa, na qual fala do DVD. Na entrevista, Ana Paula dá ênfase especial ao local escolhido para a gravação.
- Apesar de cada gravação ser única pelas canções inéditas e pelo que o Senhor opera a cada vez que nos reunimos para adorá-lo, o DVD Creio traz algo a mais como diferencial. Conseguimos, pela primeira vez, realmente mostrar onde estávamos nos reunindo. O DVD não se passa em um teatro ou em um local aberto que poderia ser confundido com qualquer outro, de algum outro lugar. Do começo ao fim fica claro que estamos em Manaus, metrópole que se ergue no meio da exuberante floresta Amazônica – afirma.
A líder do Diante do Trono falou também do contato que ela e sua equipe tiveram com as comunidades locais, e afirma que Deus cuidou de cada detalhe da produção.
- A gravação de cada clipe foi marcante. Visitamos uma das comunidades mais carentes de Manaus. Ali abracei tantas crianças! Chorei com uma das mães e senti o peso de uma situação aparentemente impossível de ser mudada aos olhos humanos. Ali cantei “Creio… Ele Se importa comigo” – contou.
A cantora falou também da gravação do clipe da canção “Preciso de Ti”, em uma tribo indígena:
- Essa canção é um clamor que Deus me disse que seria levantado de norte a sul do país. Ali estava eu, no meio de uma comunidade que representa os primeiros habitantes desta Terra. Isso para mim teve muito significado. Quando eles começaram a dançar uma forte Presença do Senhor encheu aquele lugar. Era a adoração, o culto daquele povo subindo a Deus. E a cada vez que o DVD mostrar essas cenas subirá outra vez o clamor pela restauração do nosso país, desde suas origens.
Ana Paula Valadão finalizou afirmando que a gravação do DVD em Manaus foi um marco histórico em sua trajetória com o Diante do Trono.
- Manaus entrou para nossa história como uma cidade que nos acolheu de braços abertos. A Marcha para Jesus ali é proporcionalmente, uma das maiores do mundo! Tivemos a honra de fechar essa festa maravilhosa que impactou a cidade. Agradecemos a todos que nos abençoaram, pessoas que se moveram em nosso favor e nos ajudaram a cumprir nossa missão – declarou.
Fonte: Gospel+ / webradiocas.com.br

Fernanda Brum Apresenta O Clipe Da Música – Liberta-Me

Fernanda Brum apresenta o clipe da música – Liberta-me. A cantora Fernanda Brum apresentou, o clipe da música “Liberta-me”, faixa-título de seu CD mais recente, lançado pela MK Music.Mais de 31 mil visualizações no canal da MK no Youtube em 76 horas; um dos assuntos mais comentados no twitter (TTsBR); grande repercussão nas mídias sociais.



Assim foi a estreia – tão esperada – do clipe “Liberta-me”, interpretado por Fernanda Brum. A canção, primeira de trabalho, dá nome ao novo CD da cantora pela gravadora MK Music, que recebeu Disco de Ouro em apenas 15 dias de venda.
 
O vídeo estreou na internet na manhã deste sábado (22). E já nos primeiros instantes mostrava a que vinha… Em menos de 12 horas, já registrava 6 mil visualizações e em 24 horas, mais de 15 mil. Milhares de pessoas repercurtiram a estreia, elogioando e até relatando experiências vivenciadas através do clipe. Testemunhos de fé, renovo e libertação.
 
O roteiro e direção do vídeo foram feitos pela diretora artística da gravadora, Marina de Oliveira, que ousou na escolha das locações e também na sequência de imagens e montagens. A música traz melodia e letra fortes com a mensagem do fundo da alma, que traduzem o verdadeiro sentido de adorar a Deus, sendo liberto de tudo o que nos afasta dEle. Há dois anos, uma parceria de Fernanda Brum com a cantora Arianne resultou nesta envolvente canção. São várias as mensagens visuais, amparadas por estética não linear que possibilita ao espectador encontrar sua identificação. Mas “ancoradas” no clamor e na Palavra que liberta, inseridas em várias formas e detalhes no vídeo.
 
“O Senhor é nosso Deus. Ele rompe barreiras para um novo tempo no meio de Seu povo. Ore para encher o coração do Espírito Santo. Vamos fazer uma declaração de libertação”, declarou Fernanda Brum ao estrear o clipe.
 
A superprodução contou com a direção de Marina de Oliveira e Dayane Andrade; roteiro de Marina de Oliveira; assistente de direção, Alomara Andrade; Felipe Arcanjo assina edição, computação gráfica e efeitos. Todos profissionais da MK Music. E com a intensidade de quem não hesita em quebrar paradigmas… Clipe “Liberta-me”. Sim, esta é Fernanda Brum.Informações Mk Music.


Fonte: Amigos de Cristo / webradiocasc.com.br

quarta-feira

Crescimento do funk no meio gospel estimula criação de cultos e eventos embalados pelo ritmo carioca

A difusão do funk no meio gospel, como um estilo de música para embalar letras de adoração ou evangelismo, tem atraído a atenção da mídia e revelado personagens do segmento que ascendem através do ritmo.

 
 
Associado aos bailes nos morros e às letras que majoritariamente, falam de sexo e do cotidiano na favela, o funk carioca, ou pancadão – como é conhecido em diversas regiões do Brasil, vem se tornando presente no meio gospel.
 
A Revista de História publicou matéria com personagens que, quando passam a fazer parte de uma igreja, não abandonam o funk como profissão, mas tornam-se funkeiros gospel.
 
Entre os exemplos citados pela reportagem, está o Culto dos Funkeiros, mantido pelo Projeto Vida Nova de Irajá, do apóstolo Ezequiel Teixeira. O evento conta com a participação de LC Satrianny, Adriano Gospel Funk, Tonzão, Rodrigo Maneiro, Dj Marcelo Araújo, entre outros.
 
LC, que significa Levita de Cristo, substituiu MC (Mestre de Cerimnônias) do ex-integrante da equipe Furacão 2000, maior produtora de bailes funk do Rio de Janeiro. “O Espírito Santo trata com cada um de uma maneira. Comigo, foi assim: eu aceitei Jesus após passar por problemas seríssimos de ordem financeira, emocional. Tudo o que eu tinha acabou. Eu só queria ter um trabalho, formar uma família. Mas Ele tinha outros planos para mim, depois de um ano na igreja, veio a oportunidade de voltar a cantar funk”, revela o membro da Igreja Assembleia de Deus Vida Plena, em Bonsucesso.
 
Segundo Satrianny, o estereótipo é algo que não importa para Deus, e a transformação na vida de quem vai a eventos como o Culto dos Funkeiros é o que deve ser ressaltado: “Muitas vezes os jovens acham que para se converter, têm que ficar de terno. Se for para ficar de terno, vai ficar, mas pode usar um boné, tênis da moda, usa cordãozinho, tudo normal. Porque isso aí é mais para a sociedade ver. Quando Deus olha para nós, não está preocupado com isso. Eu costumo dizer que você pode se modernizar sem se mundanizar”, diz, convicto.
 
A opinião do funkeiro é partilhada por Marconi Oliveira, líder da Juventude do Projeto Vida Nova de Irajá: “Nossa missão é resgatar vidas que não conhecem Jesus e trazê-las para esse caminho. Porque falamos isso de experiências próprias. Muitos de nós vivíamos nessa condição, de uma falsa felicidade. Curtimos funk, pagode, mas quando a gente chegava em casa, o vazio voltava. E temos a oportunidade de conhecer esse Jesus maravilhoso. Que nos consola, nos dá esperança e a vida acaba melhorando”.
 
Eventos como o mencionado acima fazem parte de um mercado que movimenta R$ 12 bilhões, e que deve continuar crescendo, ante o crescimento da população evangélica, registrado pelo IBGE no Censo de 2010.
 
Fonte: Gospel+ / WEBRADIOCASC.COM.BR

Kaká volta a frequentar igreja evangélica

Depois de um tempo aparentemente longo longe das igrejas, o astro de futebol Kaká passou a frequentar uma igreja evangélica em Madrid, relatou o El Mundo.

 
A informação foi confirmada pelo pastor da Igreja Evangélica Salem, Marcos Vidal, em entrevista ao LaOtra Crónica.
 
O também cantor gospel internacionalmente conhecido, revelou que Kaká vai à igreja com mais frequência em Carabanchel, mas nem sempre pode ir por causa do futebol.
 
Segundo Vidal, Kaká se comunica com frequência por whatsapps e ambos reúnem em hotéis para orar antes dos jogos.
 
“Eu o vi a pouco, na mesma manhã do Real Madri x Ajax em Bernabéu. Em seguida ele fez um gol”, disse ele, segundo a mesma publicação.
 
“Depois ele me escreveu para dizer que havia marcado graças a Deus”, conta Marcos.
 
Kaká era assíduo frequentador da Igreja Renascer emCristo no Brasil desde jovem. Sua esposa Carol Celico veio para a igreja por meio dele, sendo ordenada pastora logo em seguida.
 
Ambos, entretanto, tomaram uma polêmica decisão de deixar a igreja em 2009 e passaram um longo tempo fora das igrejas evangélicas.
 
Recentemente, Celico declarou que não sentia mais vontade de ir à igreja e que não gostava de rótulos, referindo-se a ser chamada de “evangélica”.
 
De acordo com ela, o encontro com Deus se dava em sua casa. “Hoje a nossa igreja é a nossa casa.”
 
Rivais em campo, irmãos em Cristo
 
O rival de Kaká em campo mas irmão na fé, Radamel Falcão, também frequenta a Igreja Salem e ambos já se sentaram juntos no mesmo banco para ouvir as pregações de Marcos Vidal.
 
“Falcão vem sempre com sua mulher, disfarçado, com gorro e óculos. Chega cinco minutos depois e vai embora cinco minutos antes.”
 
Durante os jogos, assim como Kaká, Falcão também usa camisetas por baixo do uniforme com frases do tipo “Com Jesus nunca estará sozinho” ou “Creia e verás a glória de Deus”.
 
Fonte: Christian Post / WEBRADIOCASC.COM.BR

O CASC-PB TAMBÉM PEDE SEU APOIO PARA QUE POSSAMOS ARRECARDA ALIMENTOS PARA SER DOADOS PARA O SERTÃO

A igreja evangélica Assembléia de Deus do Bom Retiro, na cidade de Uiraúna, estará realizando no dia 22 de dezembro de 2012 o primeiro adora sertão.


BANNER 300X250 1º Adora Sertão contará com a presença do cantor Marcos Antônio e Banda; não perca!


Marcos Antonio é conhecido nacionalmente devido um dos seus maiores sucessos, a música “Quase Morri”, que é cantada principalmente pelos apenados que sofrem atrás das grades dos presídios.
O evento será realizado no estádio de futebol “O Maurilhão” e começará a partir das 19:30HS.
As senhas estão sendo vendidas ao preço de R$ 10,00 (antecipado) e R$ 15,00 (na hora do evento).
Pontos de venda das senhas:

Em Cajazeiras: Igrejas evangélicas: Assembléia de Deus Canaã (Pr. Querginaldo), Pentecostal Jesus Cristo é o Divino (Pr. Nilton Duarte), Igreja Pentecostal Nova Jerusalém (Pr. Cleiton), Sara Nossa Terra (Pr. Gleriston), Apostólica, Rio da Água da Vida (Pr. Irmar), Nova Madureira (Pr. Damião).

Em Uiraúna: Igreja Batista Independente, (Pr. Lazaro), O Brasil para Cristo (Pr. Fernando Barbosa), Metodista do Brasil (Pr. Hornildo Andrade),Canaã (Pr. Severino), Prebiteriana do Brasil (Pr. Antonio), Assembleia de Deus do Bom Retiro (Pr. Fanuel).

INFORMAÇÕES SOBRE O EVENTO: (83) 9358-5352, 9671-7670, 9350-5502, 3534-1103.

Será um grande show. Você que é Evangélico, Católico, forme a sua caravana e vamos todos juntos Adorar ao Senhor Jesus Em Verdade e Vida!

Bruno de Lima, do Paraíba Urgente / webradiocasc.com.br

terça-feira

Evangélica que abrigou nigeriana é indicada ao 'Prêmio Faz Diferença' do O Globo

A professora Elida Hederick Vieira, uma cidadã comum, evangélica da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, foi indicada para receber o “Prêmio Faz Diferença”, que homenageia cidadãos que de alguma forma contribuíram para mudar o país.

 
Durante o evento Rio+20, que aconteceu no mês de junho deste ano, a professora abrigou em sua casa anigeriana Hadijatou Anadou, funcionária do Ministério da Educação da República do Níger.
 
Hadijatou Anadou teve seus documentos roubados durante viagem que fez para participar do evento e não conseguiu retornar ao seu país.
 
Elida, que trabalhava como tradutora durante o evento, viu a nigeriana no aeroporto aos prantos e se comoveu, decidindo ajudá-la oferecendo abrigo. Além de abrigar e dar carinho à nigeriana, Elida conseguiu toda a documentação necessária para que Hadijatou retornasse a seu país.
 
Além das indicações da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que patrocina o prêmio, jornalistas de cada uma das editorias do O GLOBOindicaram três pessoas ou instituições que mais se destacaram nas páginas do jornal, seja pela atuação em suas áreas, por ajudarem a escrever a História do país ou protagonizarem fatos importantes.
 
De iniciativa da rede Globo, o prêmio está em sua décima edição. O resultado com os homenageados será divulgado em um caderno especial no dia 19 de janeiro. Em março cada um dos vencedores participará de uma cerimônia onde receberão um troféu.
 
Fonte: Christian Post / webradiocasc.com.br

Professora evangélica deu a vida para salvar 17 crianças em Newtown

Victoria Soto era professora na escola Sandy Hook, em Newtown, onde ocorreu o massacre na última semana. Ela salvou a vida de 17 crianças no dia em que Adam Lanza invadiu o local e deixou um saldo de 27 mortos.

 
 
A professora de 27 anos reagiu rapidamente quando ouviu tiros perto da sala de aula em que lecionava. Ela disse para seus 17 alunos que aquele barulho era parte de um jogo e para ganhar eles deviam se esconder nos armários da sala de aula e permanecer em silêncio. Todos obedeceram.
 
De acordo com vários meios de comunicação locais, quando Lanza entrou na sala de aula, Victoria disse que as crianças estavam na aula de educação física no ginásio da escola. Porém, sua explicação não convenceu o assassino. Ele abriu fogo contra um dos armários e ela se jogou em frente às balas para proteger as crianças. Isso lhe custou a vida.
 
O primo de Victoria, Jim Wiltsie, disse que a professora morreu fazendo o que amava. “Ela amava aquelas crianças. Seu objetivo na vida era ser uma professora para formar jovens”, explica.
 
Uma de seus amigas, Andrea Crowell, disse que a professora “colocou seus filhos em primeiro lugar. Sempre conversávamos sobre isso. Ela queria fazer o melhor para eles, ensinar-lhes algo novo a cada dia.”
 
Victoria nasceu em Porto Rico e estudou em Connecticut. Estava fazendo um mestrado em educação especial na Southern Connecticut State University. Ela trabalhou por cinco anos na escola Sandy Hook.
 
“Eles tinham uma professora que estava mais preocupada com seus alunos do que consigo mesma. Sua atitude mostra seu caráter, empenho e dedicação”, afirmou o prefeito John Stratford Harkins, durante um culto memorial realizado onde estavam presentes cerca de 300 pessoas.
 
Victoria Soto vivia com seus pais e irmãs. A família frequenta a Igreja Lordship Community Church, na cidade de Stratford. Com informações de CBN.
 
Fonte: Gospel Prime / webradiocasc.com.br

domingo

Lançada a “Bíblia gay” e teólogo cristão/evangélico comenta a versão dos ativistas gays

Após a divulgação do lançamento da “Bíblia gay” que traz uma versão que ameniza a questão do homossexualismo abordado nas Escrituras Sagradas, o teólogo diz que isto é a prova de que qualquer um pode distorcer a verdade que lhe ofende. -Confira e comente…

 
 
Uma Bíblia chamada “Queen James”, que foi lançada com o objetivo de eliminar as discussões acerca do homossexualismo, causou polêmica entre os evangélicos no Brasil.
 
A Bíblia “Queen James” (Rainha James) foi adaptada a impedir interpretações contrárias à prática homossexual, que é condenada nas versões originais das Escrituras.
Em entrevista ao The Christian Post, o pastor e teólogo Augustus Nicodemus(foto) comenta sobre o tema e questiona “quantos versículos precisamos para reconhecer que Deus aborrece alguma coisa?”
 
Nicodemus refere-se ao argumento dos idealizadores da ‘Bíblia gay’ que dizem que entre milhares de versículos no livro sagrado apenas 8 interpretam o homossexualismo como pecado.
 
A nova versão da Bíblia tem o nome ‘Rainha James’ para sua versão baseado na história do Rei James da Inglaterra, que autorizou a primeira tradução da Bíblia para o inglês mais de 400 anos atrás, a King James.
 
Os ativistas gays alegam que James era bissexual e que apesar de ser casado possuía relacionamentos homossexuais, ficando conhecido como ‘Rainha James’ por pessoas mais próximas.
 
No entanto, a fim de esclarecer esta questão, o teólogo Augustus Nicodemus explica que na verdade a referência a James como ‘Rainha James’, baseia-se num epigrama da época, “Rex fuit Elizabeth, nunc est regina Jacobus”.
 
O termo significa “Elizabeth era o rei e agora James é a rainha” e era uma piada sobre o fato de que o Rei James era pacífico e tranquilo enquanto que sua esposa Elizabeth era agitada e autoritária.
 
“Não havia qualquer insinuação de homossexualidade na frase, que visava apenas debochar da passividade do Rei James”, disse ele ao CP.
 
De acordo com o teólogo, o Rei James era um cristão comprometido, erudito e muito capaz teologicamente. Além disso, ele diz que o fato de que muitos de seus amigos mais próximos eram homens jovens deu origem à especulação quanto à sua sexualidade.
 
No entanto, Augustus revela que em um trabalho teológico escrito pelo Rei James (“Basilikon Doron”), o próprio coloca a sodomia entre os pecados que jamais deveriam ser perdoados.
 
Ele ainda comenta a reivindicação dos idealizadores da Bíblia Rainha James quanto a palavra “homossexualidade” que só foi mencionada na Bíblia RSV (Revised Standard version) a partir de 1946 e que antes disto não havia menções, apenas interpretações. Para esta questão, ele leva a uma reflexão com uma pergunta, “em que estas interpretações se baseiam?”
 
Para o teólogo, não haveria outra forma de interpretar alguns versículos como a passagem de Levíticos 18:22 que diz “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; é abominação”.
 
Ele cita também Romanos 1:26-27 que diz “Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro”.
 
Todas as versões da Bíblia que ele conhece, Nicodemus afirma, condena o ato sexual entre pessoas do mesmo sexo. E indaga, “estariam todas elas erradas?”
 
“Todas as traduções que eu conheço – francês, holandês, alemão, espanhol, inglês e português (disponíveis no BibleWorks8) – verteram estas passagens de modo a dar a entender que o que está sendo condenado é exatamente as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo. Sabemos os nomes e as qualificações acadêmicas de seus editores, mas isto não aparece na ‘Bíblia Queen James’.”
 
Augustus, finalmente, lamenta as afirmações dos editores desta nova versão da Bíblia e diz que tal proposta revela claramente o caráter ideológico desta tradução.
 
“A ‘Queen James’ é o tipo de publicação que autoriza qualquer um a editar uma Bíblia amenizando ou distorcendo as passagens que lhe ofendem”.
 
Fonte: Infor Gospel / webradiocasc.com.br

Show gospel "Diante do Trono" acontece hoje em Campo Grande


Campo Grande recebe hoje, sexta-feira (21) mais um show do Diante do Trono, evento que reúne os principais cantores gospel do Brasil.

 
A partir das 21h, no Jockey Clube, os cantores entram no palco para animar o público com várias músicas de louvor.
 
Os ingressos podem ser comprados na Betel Center, que fica na avenida Calógeras, 2093, e na Manancial Gospel, localizada na rua Dom Aquino, 1626.
 
Os ingressos são comercializados, no segundo lote, pelo valor de R$ 30 a pista, R$ 40 área vip, R$ 60 camarote, todos os convites open bar (água e refrigerante).
 
Crianças até seis anos não pagam ingresso na pista, e crianças de sete a nove anos podem comprar a entrada da pista como meia-entrada, apenas na Manancial Gospel. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3305-5040.
 
Fonte: Aquidauananews / webradiocasc.com.br

Fã responde a Ana Paula Valadão sobre foto polêmica


Um mal entendido causou grande polêmica entre um fã e a cantora gospel Ana Paula Valadão nos últimos dias por causa de um pedido de foto.

 
O jovem Paulinho Nascimento pediu uma foto com a cantora, mas espalhou em seguida através de seuTwitter que Ana Paula o teria tratado mal.
 
O comentário rapidamente se espalhou pela rede gerando grande controvérsia entre os evangélicos.
 
“Dedico todo o meu ódio para você Ana Paula Valadão”, Paulinho Nascimento escreveu no início do seu post.
 
“Essa mulher desconhece tudo que existe no mundo sobre educação”, continuou.
 
Ana Paula Valadão, assustada, justificou rapidamente dizendo que não pede para ninguém se afastar dela quando tira fotos. Entretanto, ela afirma que se afasta quando a tocam de maneira inconveniente.
 
Nesta quinta-feira, entretanto, Paulinho escreveu em seu Twitter, que além dela ter tirado sua mão de seu ombro, disse para ele não tocá-la.
 
O fã afirma que a sua atitude o entristeceu e considerou isso como falta de respeito e preconceito.
 
“Só fiquei muito triste e decepcionado, da maneira com a qual você me tratou, não fui indelicado, nem te toquei de maneira que possa ter te desrespeitando (sic)”, escreveu ele no microblog.
 
“Apenas pedi uma foto e como de costume de foto, tui colocar minha mãeo no seu ombro....”
 
Apesar do incidente, o fã reconhece entre uma postagem e outra que não pode julgá-la e que apesar de decepcionado, ele entrega tudo a Deus.
 
“Quem sou eu pra ficar aqui discutindo com você por qualquer coisa, né?”
 
“Enfim, será minha palavra contra a sua! Quem sou eu né? Ou melhor, quem somos nós aos olhos de Deus! Entrego tudo a Deus.”
 
Fonte: Christian Post

Religiosidade de Lúcio já foi tema de polêmica na seleção brasileira

No time nacional, o zagueiro e outros atletas evangélicos do elenco, como Edmílson e Kaká, reuniam-se para estudar a Bíblia e orar 

 
Zagueiro de sucesso internacional, Lúcio, que acaba de acertar contrato de duas temporadas com o São Paulo, é um dos jogadores brasileiros que mais fazem questão de externar sua religiosidade. Apresentado no Morumbi, na terça-feira, citou Deus quatro vezes.
 
 
Na seleção brasileira, com a qual foi campeão mundial, esse seu lado veio à tona na Copa de 2002, quando ele e outros atletas evangélicos do elenco, como Edmílson e Kaká, reuniam-se para estudar a Bíblia e orar. Antes da final contra a Alemanha, decidiram que iriam usar por baixo do uniforme verde-amarelo camisas com inscrições de adoração a Jesus Cristo, as quais ficaram à mostra após a conquista do título.
 
A primeira polêmica apareceu quatro anos mais tarde. No Mundial da Alemanha, receosa de que o futebol fosse utilizado para manifestações religiosas ou políticas, a Fifa se antecipou e enviou comunicado às confederações pedindo que os jogadores moderassem na expressão de fé ao longo da competição. As camisas, expediente comum entre os brasileiros, foram proibidas.
 
"Vou respeitar (a determinação), até porque a Fifa é a instituição maior do futebol, e as regras precisam ser respeitadas. Mas, com certeza, a forma de agir dentro de campo não vai mudar. Vai ter o momento certo para a gente passar nossa mensagem (religiosa)", analisou, na época, o capitão brasileiro.
 
O Brasil não conquistaria o hexa, e cresceram rumores de que havia um racha no grupo. De um lado, estaria uma ala religiosa. Do outro, jogadores que bebiam e fumavam e, portanto, não tinham comprometimento com a forma física e consequentemente com a busca pelo título. Publicamente, Lúcio negou, dizendo que as reuniões entre os evangélicos, realizadas somente nas folgas, não dividiram o time nem foram motivo para seu desempenho ruim.
 
Polêmicas à parte, o zagueiro continuou lendo textos bíblicos na concentração dos times pelos quais passou - na Europa, foram Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Inter de Milão e Juventus - e se dedicando à religião que conheceu graças à mãe, na juventude, ainda em Brasília.
 
"É difícil prever o futuro, até porque, no futebol, as coisas acontecem muito rápido. Mas, graças a Deus, venho de uma escola muito boa, onde meus pais me ensinaram bastante a me cuidar, a ter uma vida saudável e sempre procurar melhorar", disse Lúcio, em sua apresentação no São Paulo, onde terá companhia de outros evangélicos, como o meia Paulo Henrique Ganso.
 
Fonte: Cenário MT / webradiocasc.com.br

sexta-feira

O VALOR DO SER HUMANO PARA DEUS!



"Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?



Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?


E, quanto ao vestuário, por que andais
solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.


Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;


Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal."


Mateus 6:25-34


Deus cura aidéticos, cancerosos, cegos, paralíticos, Deus prospera, porém, o grande objetivo e projeto Dele é fazer com que sejamos salvos e possamos viver eternamente com Ele. Deus quer que andemos na confiança, na dependência Dele, sem murmurar, sem reclamar, sem se revoltar, sem perder a confiança, a fé, o amor, a gratidão para com Ele, porque só o fato Dele ter nos dado a vida é razão de sobra para sermos gratos a Deus.


Não andeis ansiosos. O que é ansiedade? É angustia, é incerteza, aquela incerteza que aflige, que desespera, que preocupa e apavora, faz com que nos perguntemos se vamos conseguir. O próprio Jesus recomenda para que não andemos ansiosos, preocupados, desesperados, Ele ordena que confiemos, indiferente do grau do problema, da adversidade, da dificuldade, devemos continuar confiando e não importa o quanto essa adversidade cresça, o Deus a quem servimos é maior que qualquer problema, qualquer dificuldade, não temos que desesperar.


Há aqueles que querem morrer de tão desesperados que ficam e o Senhor Jesus diz que somos a obra-prima das mãos dele, valemos muito mais que as aves. Eu me maravilho com as aves que já vi em minhas viagens pro Amazonas e Jesus diz que eu tenho muito mais valor do que elas. Elas não se preocupam com nada, nada falta para elas, por que eu vou me preocupar se eu valho mais do que elas? Por que ansiedade, desespero, querer a morte, se afundar nas drogas, querer passar o próximo para trás, querer arruinar a vida dos outros para conquistar mais, se você é valioso para Deus e Ele cuida de nós?


Não se preocupem. É aquela preocupação negativa. A única preocupação que devemos ter é a positiva, de investir, semear, produzir. A negativa é a de ter o que você quer custe o que custar, mas isso não existe, porque o que sustenta as aves nos sustenta também, com muito mais prazer e intensidade, porque somos muito mais importantes que quaisquer animais, somos as únicas criaturas que Ele fez à própria imagem e semelhança.


Um côvado, 45 cm. Ou seja, quem é que pode crescer com seus próprios recursos? Quem é que pode acrescentar alguma coisa na sua vida se Ele não quiser? Ninguém. Não adianta você ter desespero, você querer fazer, acontecer. O que adianta é você entregar seus caminhos, sua família, temer a Deus, ser integro, ser honesto, temer a Deus, isso é o que adianta.
Ninguém consegue. Ninguém pode se vestir como o lírio do campo, nem Salomão pôde. E Salomão também concluiu o mesmo que Jesus disse, como diz em Eclesiastes 12.


Depois de tudo o que ele ganhou, o homem mais sábio, mais rico, o que mais conquistou na vida entre os mortais, reconheceu no resumo de sua vida, que teve tudo o que desejou: teme a Deus e guarda seus mandamentos, porque isso é dever de todo homem. Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras, até as que estão escondidas, quer sejam boas ou más. Muito melhor do que se preocupar com isto ou aquilo, é temer a Deus, servir a Deus, andar com Deus. E Ele vai ajeitando tudo na sua vida, na nossa vida. Queremos antecipar as coisas, resolver, mas tudo acontece no tempo de Deus.



Alguns querem resolver e dizem “é para ontem!”, mas existe ontem? Deus sabe de Todas as coisas e a melhor coisa a se fazer é temer a Deus, ama-lo acima de tudo, amar ao seu próximo como a sua própria vida e respeitar, andar na integridade, na fidelidade, sem desesperar. Não queira ser super-homem, mulher-maravilha, tema a Deus, sirva a Deus e Ele vai te colocar onde você quer. Só isso. Não é preciso muita coisa.


Olhe para mim, quem sou eu? Ninguém. Meu nome é ninguém. Ia encaixar bem, Ninguém Santiago de Oliveira. É. Por quê? Porque nunca fui ninguém, nunca fui nada, mas veja o que Deus fez através da minha vida. Meu coração se deleita quando ouço dizerem que aprenderam a amar a Deus através da minha vida. Estavam acostumados a culpar a Deus por tudo, inclusive por seus próprios erros.


O homem vai só destruindo tudo e depois culpa a Deus, mas Deus não tem culpa de nada, Deus não erra em nada, nunca. Nós erramos, todo ser humano erra, mas Deus não. O resumo é temer a Deus, confiar. A ansiedade que está com você, descansa porque o que você pediu para Deus chegará no tempo Dele, pode descansar, confiar. Amém.


webradiocasc.com.br

quinta-feira

Com festival gospel no lugar do 'TV Xuxa', Globo sobe no Ibope e lidera!

Protagonista de uma crise interna na Globo, no fim de novembro, o 'TV Xuxa' foi substituído, excepcionalmente, na tarde deste sábado (15), pelo Festival Promessas, reunindo grandes nomes da música gospel nacional. Resultado? Um Ibope acima do fraco desempenho do programa da rainha dos baixinhos em 2012.

 
Segundo dados prévios, o festival liderou a audiência com média de 10,4 pontos, contra 7,3 da Record e 5,3 do SBT.
 
No último sábado de novembro, ocorreu o fatídico episódio no Twitter, em que Mariozinho Meirelles chamou os telespectadores do desenho 'Pica-Pau', da Record, de 'retardados'. Sendo que, no mesmo dia, a animação da emissora rival derrotou o 'TV Xuxa' com o placar de 9 a 7.
 
Fonte: Jornal do Brasil / webradiocasc.com.br

G1: ‘Rolava tudo’, diz Thalles sobre vida antes de sucesso na música gospel

O mineiro Thalles conta 600 mil discos vendidos em três anos de carreira na música gospel. 

 
 
Filho de pastores evangélicos, passou por mais de uma década de trabalho nos bastidores da música secular – compôs “Lindos olhos” para Seu Jorge, foi vocalista de apoio do Jammil e Uma Noites e Jota Quest. Foi em turnê com a banda conterrânea que ele teve uma epifania.
 
“Eu estava em um hotel em Curitiba com um amigo no quarto, a gente estava usando drogas. Ele começou a me agredir com algumas palavras, dizendo que meu objetivo era destruir a vida das pessoas. Ele me ofendeu muito. Naquele momento eu comecei a refletir sobre tudo o que eu estava fazendo”, diz Thalles em entrevista ao G1.
 
Hoje casado e pai de dois filhos, de três e cinco anos, o cantor e pastor evangélico é o maior sucesso de público gospel brasileiro. Foi o maior vencedor do Troféu Promessas de 2012 e cantou no festival homônimo, transmitido pela TV Globo no sábado (15).
 
saiba mais
G1 - No Troféu Promessas, você agradeceu à Ana Paula Valadão [cantora do Diante do Trono], disse que ela era um exemplo. Por quê?
Thalles - Quando comecei a acompanhar a música gospel, ainda estava no Jota Quest. Ouvia a Ana Paula cantando e me sentia intrigado. Como uma pessoa no começo de sua juventude abria mão disso para viver Deus? Não era o que eu vivia, e isso me deixava confuso. Hoje consigo entender uma pessoa jovem dar sua vida para Deus. O jovem quer curtir, quer balada, quer festa, quer aproveitar sua juventude. Ela gastou a juventude dela falando de Deus. Isso é um exemplo para todos nós.
 
G1 - O que te fez mudar de ideia?
Thalles - Foi a minha conversão mesmo. A minha aceitação de Jesus como salvador. Mudei de opinião e comecei a olhar as coisas com a perspectiva de Deus. É muito legal ser um instrumento, andar pelo Brasil falando de Deus. Hoje faço parte desse time.
Thalles faz performance vibrante no Festival Promessas 2012, em São Paulo (Foto: Flavio Moraes/G1)
 
G1- Metade das atrações do Festival Promessas [Thalles, Diante do Trono e André Valadãox] veio de uma igreja só, a Batista da Lagoinha de Belo Horizonte. É uma igreja milagrosa? Qual é sua história nela?
Thalles - Ela é muito especial. A música gospel mineira tem uma proporção gigantesca no meio. Tem uma pessoa especial, o Pastor Márcio Valadão, pai do André e da Ana Paula. E é “meu pai” também, me ajudou muito no início da carreira - financeiramente, espiritualmente, como amigo, orando por mim, pagando minhas dívidas, minhas contas, me aceitando e deixando participar do culto. Lá é sim um celeiro de talentos.
 
G1 - Quanto tempo você tem de carreira, e quanto na música evangélica?
Thalles - Eu canto desde cinco anos, estou com 35. Carreira eu considero desde que se começa a levar a música a sério. Aos 15 anos eu decidi não fazer nada além de cantar. Então são 20 anos. Música gospel são três anos. É um tempo curto para esse nível de reconhecimento. Mas eu acredito que é uma coisa de Deus mesmo, ele me separou para fazer isso.
Comecei a refletir sobre tudo o que eu estava fazendo, a maneira que estava conduzindo minha vida, minhas baladas, noitadas, “chapações”. Meu contato com a droga vinha me prejudicando e também às outras pessoas. Decidi voltar para a casa do pai. "
Thalles, cantor
 
G1 - Qual a diferença, para você, entre ser músico e ser músico gospel?
Thalles - A mensagem mesmo. O que o músico secular que falar é da vida dele - amor, namoros, traições, noitadas. A gente fala das nossas experiências com Deus. A alegria que sentimos, a bênção que é você não guiar sua vida, mas deixar Deus dirigir tudo.
 
G1 - No clipe de “Deus da minha vida” você conta uma história sobre iluminação. Como aconteceu?
Thalles - Eu estava em um hotel em Curitiba com um amigo no quarto, a gente estava usando drogas. Ele começou a me agredir com algumas palavras, dizendo que meu objetivo era destruir a vida das pessoas. Ele me ofendeu muito. Naquele momento eu comecei a refletir sobre tudo o que eu estava fazendo, a maneira que estava conduzindo minha vida, minhas baladas, noitadas, “chapações”. Meu contato com a droga vinha me prejudicando e também às outras pessoas. Decidi voltar para a casa do pai. Foi como se a luz de Deus viesse dentro do meu quarto e dissesse: “Meu filho, você esta perdido pra caramba, precisa endireitar seu caminho”.
 
G1 – Era uma viagem de turnê?
Thalles - Estava em turnê com o Jota Quest.
 
 
 
Thalles, ex-backing vocal do Jota Quest, dança durante seu show no Festival Promessas 2012, em São Paulo (Foto: Flavio Moraes/G1)
 
G1 – E como você fez? Anunciou no outro dia que ia sair da turnê?
Thalles - Comecei a pedir para Deus em orações para mostrar o meu caminho. Eu não tinha como sair, dali eu tirava meu pão, o sustento da minha família. E Deus começou a me levar para o caminho que ele tinha para mim. As coisas começam a acontecer sem que você tenha controle sobre elas. As portas começaram a se abrir. Depois disso eu ainda fiquei dois anos no Jammil e Uma Noites. Depois é que eu realmente decidi sair. Primeiro eu parei de fumar, de usar drogas, de me prostituir. Fui cortando tudo o que me atrapalhava e atrapalhava a vida das pessoas.
 
G1 - Se prostituir em que sentido?
Thalles - No sentido de pegar todo mundo, pegar mulher casada, ficar com um monte de mulher, fazer suruba, rolava tudo. Aí Deus foi me ensinando que a vida não era assim, eu tinha sido criado para ter uma família, para viver uma vida em paz.
 
 
Parei de fumar, de usar drogas, de me prostituir. Era no sentido de pegar todo mundo, pegar mulher casada, ficar com um monte de mulher, fazer suruba, rolava tudo. Aí Deus foi me ensinando que a vida não era assim."
Thalles, cantor
 
G1 - Você já compôs para artistas seculares como Seu Jorge. Pretende continuar fazendo isso?
Thalles - Não, agora estou 100% com o gospel. A gente fala da nossa verdade, e aquilo não é minha verdade. Eu faço algumas músicas românticas, canto para minha esposa. Talvez no futuro a gente possa gravar um disco de músicas românticas para a família.
 
G1 - Seu show tem presença de black music. Quais são suas influências musicais?
Thalles - Lionel Ritchie, Stevie Wonder,Michael Jackson, Lenny Kravitz, Dianna Ross. Foram as coisas que eu mais ouvi. Também Mariah Carey, Boyz II Men.
 
G1 - Ainda escuta música secular?
Thalles - Hoje eu não ouço nem música secular nem gospel. Eu quero tirar a minha essência do coração.
 
G1 - Como você avalia hoje sua experiência no Jota Quest?
Thalles - Foi muito positivo. Eu sou amigo dos meninos até hoje, a gente conversa sempre. Acho que eu aprendi muito ali. Acho que meu som não tem nada a ver com Jota Quest. Mas aprendi a passar a verdade ali no palco. Ter presença de palco, fazer entrevistas. Foi um tempo de muito aprendizado em todos os aspectos.
 

G1 – Mas voltaria para uma turnê?
Thalles - Não, em hipótese alguma.
 
Fonte: G1 / webradiocasc.com.br

O fim do mundo será em 21 de dezembro de 2012? Pastor Ciro Saches comenta

Faltando apenas três dias para o suposto fim do mundo, em 21 de dezembro, grupos que acreditam fielmente em uma possível catástrofe se preparam para o dia final do planeta terra.

 
Fim do mundo
 
O pastor explica que chegará “sem dúvida” o período de Grande Tribulação, mas que mesmo neste tempo, o fim do mundo ainda não acontecerá.Para o pastor e teólogo Ciro Sanches Zibordi, comentando sobre o tema ‘fim do mundo’ em seu blog, “à luz das Escrituras, não há motivo para nos preocuparmos com o fim do mundo”.
 
No entanto, é possível observar que em vários países, assim como no Brasil, comunidades se preparando para o apocalipse.
 
Em Porto Velho (RO), um grupo de vinte pessoas, liderados por uma suposta vidente, Eunice Coelho, armazena livros, água, alimentos, remédios e roupas de frio.
 
Apesar de Eunice dizer que não se pode prever ao certo o dia final, os produtos que compõem uma extensa lista de itens de sobrevivência, já estão estocados em um abrigo secreto, localizado na área rural da cidade numa preparação para o dia "D".
 
Segundo o pastor Ciro, após o período de tribulação “será estabelecido o Milênio (Ap 20.1-10)”. O pastor ainda afirma que somente depois do período de mil anos de paz, em que a Igreja reinará com Cristo, o mundo chegará ao fim.
 
“Segundo a Palavra profética, ‘os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nelas há, se queimarão (2 Pe 3.10)’, dando lugar a um novo céu e uma nova terra (Ap 21.1)”.
 
Ciro comenta que os servos do Senhor não precisam se preocupar com o fim. “Afinal, se Jesus viesse buscar a sua Igreja hoje, o mundo só acabaria daqui a 1.007 anos!”
 
Ele explica que o fim do mundo, propriamente dito, ocorrerá somente depois de vários eventos escatológicos previstos nas Escrituras: "o Arrebatamento da Igreja, o Tribunal de Cristo, as Bodas do Cordeiro, a Grande Tribulação, a batalha do Armagedom, o Milênio, a última revolta de Satanás e o Juízo Final".
 
No entanto, ao citar uma passagem bíblica em Mateus 24 ('Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos'), o pastor alerta que, nos dias que antecedem o Arrebatamento da Igreja, aumentará o número de enganadores e de seguidores do erro, inclusive entre os cristãos.
 
Ciro exorta que os cristãos estejam atentos aos acontecimentos mencionados mencionados na Bíblia, aguardando o retorno de Jesus.
 
"Mas a Noiva já está pronta! Os salvos, preparados, estão fazendo a última oração da Bíblia: 'Ora, vem, Senhor Jesus' (Ap 22.20)".
 
 
Fonte: Christian Post / webradiocasc.com.br

domingo

Programa CQC provoca Pastor Silas Malafaia em Brasília

O programa “CQC” da Band realizou mais uma cobertura libertina. Desta vez, sobre a Audiência Pública promovida pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, que aconteceu na última terça-feira (27), para discutir o Projeto de Decreto Legislativo 234/2011 proposto pelo deputado João Campos (PSDB-GO).



Apelidado de “projeto da cura gay”, o mesmo tenta sustar partes da Resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP), que falam sobre a relação do profissional de psicologia em prestar atendimento quanto à orientação sexual de seus pacientes.
 
A matéria tendenciosa foi ao ar na noite desta segunda-feira (3) e ignorou a total falta de respeito dos ativistas gays durante e depois da fala do pastor Silas Malafaia, matéria publicada em no portal: Verdade Gospel.
 
Assista ao vídeo com a abordagem debochada do programa feita ao pastor Silas Malafaia e aos deputados da ala evangélica em Brasília.
 

 Informações Verdade Gospel / webradiocasc.com.br

segunda-feira

Ministério Aos Pés da Cruz lança DVD com participações de Lucas Souza, Fred Arrais e Nívea Soares

O Ministério Aos Pés da Cruz está lançando seu primeiro DVD, com participações de Nívea Soares, Lucas Souza, Fred Arrais e Arnaldo Jr.

 
 
Intitulado “Aos Pés da Cruz – Ao Vivo”, o álbum está sendo distribuído pela Corações Produções.
 
Gravado ao vivo em Ponta Grossa – PR, o CD tem regravações de canções conhecidas do meio gospel, como “Tempo de Adorar” (Nívea Soares), “Rain Down – Chuva” (Delirious?), “Estes pés não são meus” (Fred Arrais), “És real prá mim” (Lucas Souza), e também composições próprias do ministério, como “Quando tudo é tão pouco”, “Eternamente Apaixonado”, entre outras.
 
Segundo informações da assessoria de imprensa da Corações Produções, “o trabalho foi gravado no Centro de Convenções do Avivamento (CCA) em Ponta Grossa, com mais de 6.000 pessoas presentes”.
Fonte: Gospel+ / webradiocasc.com.br

Após reprise de “Rei Davi”, Rede Record reexibirá “A História de Ester” para competir com “Salve Jorge”

A ideia inicial da Rede Record foi aproveitar a reprovação de alguns evangélicos para com a nova novela da Rede Globo, “Salve Jorge”, e conseguir a audiência cristã reexibindo pela terceira vez a minisérie bíblica “Rei Davi”. Apesar da audiência não ser grande, ela ficou acima das expectativas da emissora e por isso a TV do Bispo Edir Macedo vai reprisar também “A História de Ester” logo após o fim da série sobre o rei bíblico.
 
 
 
Produzida em 2010, a primeira minissérie bíblica da Rede Record vai ter sua terceira reprise no ar de segunda a sexta às 21:15 horas logo após o Jornal da Record e antes de “Balacobaco” e “Fazenda de Verão”, segundo o UOL. A última reprise da minissérie, exibida nas tardes de novembro e dezembro de 2011 gerou apenas cerca de 2 pontos de média por episódio e no final acabou sendo retirada do ar antes mesmo do previsto por deixar a emissora longe da vice-liderança no horário.
 
 
A Globo vem tendo em média 28 pontos de audiência com a novela Salve Jorge, uma das piores médias da história recente de novelas das 21 horas, isso acontece devido a péssima recepção do público e da crítica para a nova novela da autora ateísta militante Glória Perez, porém as emissoras concorrentes também não estão ganhando audiência. O resultado disso é a diminuição do número de televisores ligados no horário, segunda o relatório do Ibope sobre o mês de novembro lançado nesta segunda-feira (3).
Polêmica na faixa horária
 
 
Quando a Record anunciou que exibiria a reprise de séries bíblicas para competir com “Salve Jorge” uma larga publicidade foi feita pela emissora e pela Igreja Universal para conseguir que os evangélicos escolhessem ver a programação da Record ao invés a da Globo, inclusive o próprio Bispo Edir Macedo utilizou seu blog pessoal para pedir isso, porém dias depois a emissora da Barra Funda anunciou o programa “A Fazenda de Verão” dando destaques a “azaração” e a participantes homossexuais. A atitude gerou a ira dos evangélicos que dias antes haviam felicitado a Record.
Sobre “A História de Ester”
 
A minissérie foi a primeira das três séries bíblicas já produzidas pela Rede Record e teve boa audiência. “A História de Ester” foi escrita por Vivian de Oliveira, mesma autora de “Rei Davi”, e teve no elenco nomes como Gabriela Durlo, Marcos Pitombo, Paulo Gorgulho e Vanessa Gerbelli, a direção geral ficou por conta de João Camargo.
 
 
Fonte: Gospel+ / webradiocasc.com.br