segunda-feira

Obras de Ariano Suassuna são destaques no Dramaturgia: Leituras em Cena

Durante os próximos dias 19, 20 e 21 de dezembro, o Sesc Paraíba realiza a etapa final do projeto Dramaturgia: Leituras em Cena, com apresentação das leituras encenadas de obras do grande e renomado mestre da literatura, Ariano Suassuna, e também do ator e diretor paraibano Flávio Guilherme. As apresentações acontecem a partir das 19 horas, no cine teatro do Sesc Centro, em Campina Grande. A entrada é gratuita.

O evento foi transferido para os dias 19 a 21 em decorrência da necessidade de um prazo maior para a preparação dos grupos participantes.

O que os diretores Flávio Guilherme, Cris Leandro, Ana Maria Barros e todo o elenco irão apresentar é o resultado de meses de ensaio e técnicas desenvolvidas na oficina Leituras em Cena, ministrada em setembro deste ano pelo professor e dramaturgo Daniel Belquer.
No dia 19, a apresentação será baseada numa obra do próprio diretor, Flávio Guilherme, chamada Santa Saracura – A Estória Da Santa Padroeira Que Queria Deixar De Ser, na qual a personagem abandona seu posto de santa devido à hipocrisia reinante na cidade. Escrita em 2001, trata-se de uma crítica às festas de padroeira e à sociedade em geral.


Na terça, 20, Cris Leandro dirige seu elenco na leitura dramatizada da obra de Ariano Suassuna, O Auto da Compadecida. As desventuras de João Grilo e Chicó são narradas em três atos, mesclando a literatura de cordel e a religião, envolvendo a avareza, a fé e o barroquismo.
No último dia, 21, será realizada a leitura dramatizada da peça O Santo e a Porca, também de Ariano Suassuna. Lançada em meados dos anos 50, a peça aproveita o mote das famigeradas heranças familiares do sertão nordestino para relatar com humor a estória de Euricão Árabe, devoto do Santo Antônio que esconde em sua casa uma porca cheia de dinheiro. O espólio irá para aquele que casar com sua bela filha Margarida.
Ariano Suassuna é um dos mais importantes escritores do Brasil. Influenciado pelos causos e folclores regionais, se destacou também pela verve cômica apresentada em suas obras. Crítico irremediável do pós-modernismo, Suassuna é conhecido pelo seu purismo cultural e artístico. Suas obras já foram levadas ao cinema e à televisão com reconhecido sucesso de público e crítica, entre as quais O Auto da Compadecida e A Pedra do Reino.
O objetivo desse projeto é dar oportunidade para que atores interpretem textos teatrais, através da leitura encenada, onde o público é convidado a desvendar além dos mistérios contidos nas tramas, a verdadeira essência do enredo, com seus personagens, seus contextos e suas singularidades.
O projeto Dramaturgia: Leituras em Cena é uma realização do Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional do Sesc. Para mais informações, entrar em contato pelo telefone (83) 3341-5800 ou pelo e-mail culturasesccg@gmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário