sexta-feira

III Seminário de Educação e Convivência com o Semiárido Brasileiro, Cultura e Agroecologia é realizado com sucesso em Cajazeiras

O III Seminário de Educação e Convivência com o Semiárido Brasileiro, Cultura e Agroecologia é uma realização da Comissão Pastoral da Terra – CPT do Sertão que neste ano, foi realizado no Auditório da FAFIC, no município de Cajazeiras, durante os dias 05 e 06 deste mês. Para realizar este III Seminário, a CPT contou com o apoio exclusivo do CESE, Kinder MISSIONSWERX DIE STERNSINGER, RESAB, aktions Kreis pater beda, Prefeitura de Cajazeiras, UFCG, Prefeitura de Bonito de anta Fé, Prefeitura de Poço Dantas e Prefeitura de Aparecida.
Este evento, tinha por objetivo, proporcionar aos professores e estudantes da rede de educação do campo no semiárido, a oportunidade de refletir sobre a educação para convivência, como que esse processo educativo tem trabalhado as relações com a terra, água, ar e todas as fontes de vida no planeta. O desafio é buscar mudanças para o sistema educacional, para que tenhamos um modelo educacional que coloca no centro de suas preocupações a formação de cidadão críticos, conscientes, capazes de compreender a sua realidade, seus desafios e de ter a capacidade de construir alternativas para a solução de seus problemas para que se torne possível viver com qualidade nas terras do nosso semiárido nordestino, em especial, do semiárido paraibano. Cuidar da formação da população, para conseguir gerar suas próprias fontes de renda de maneira mais sustentável, com mais resultados econômicos, sociais e culturais e menos obstrução dos recursos naturais, da cultura popular e menos desigualdade social.

Tanto no primeiro, quanto no segundo dia, o seminário começou, sempre as 08h00min, com uma mística para ambientar o público e os organizadores das temáticas a serem debatidas, sobre a coordenação de Socorro Ferreira, sendo que o primeiro dia (05) foi marcado por um Painel Temático e quatro Oficinas Temáticas, Atividades Cultural e lançamento de livros. Já o segundo dia, com uma dinâmica bem diferente, foi trabalhado com um Carrossel de experiências (apresentação por municípios), uma plenária para discussão das experiências apresentadas pelos grupos no carrossel, encerando o seminário com uma Mesa de encerramento.
Para o painel temático que teve como tem “Educação Escolar, Cultura e Agroecologia no Semiárido brasileiro”, foi convocado à mesa, o professor Francisco Nogueira (IFPB) para falar do tema O semiárido Brasileiro na atualidade, bem como fazer breves exclamações sobre a Agroecologia no Semiárido brasileiro. Também, foi convocada a mesa o professor Rovilson José Bueno (UFCG) para apresentar o tema Educação para Convivência com o Semiárido brasileiro. E para moderar o debate, bem antes dos professores, foi convocada a professora Maria Moreira Neto (UFCG).
No ato das inscrições, bem no inicio do seminário, cada participante se inscreveu também para participar de uma das quatro oficinas temáticas oferecidas no turno da tarde. As oficinas oferecidas foram as seguinte: 1 – Materiais didáticos e paradigmas nas escolas do Semiárido brasileiro, conduzida pelo prof. Rovilson Bueno; 2 – Tecnologias Sociais de convivência com o Semiárido: o diálogo de saberes na escola – conduzida pelo professor Hugo Vieira (IFPB); 3 – Arte e educação  nas escolas dos Semiáridos – orientada pela professora Maria das Graças Cavalcante (Bahia); 4 – Cultura no Currículo das escolas do Semiárido – orientado por Valber Matos (ASPTA).
O Carrossel de experiências apresentadas pelos quatro municípios habilitados, foi moderado pelas professoras Adelaide Pereira da Silva (CPT) e Albertina Ribeiro B. Araújo (UFPB), fechando com uma Plenária sobre as quatro experiências apresentadas, moderada por Ana Célia Menezes (CPT) e Maria Cleidismar Oliveira – Secretária de Educação de Cajazeiras.
Para encerramento do seminário, foi realizado uma mesa com o tema “Perspectivas de inclusão da Educação para a Convivência com o Semiárido nos Sistemas Municipais de Ensino em 2012”. Para debater, chamaram a participar da mesa: Maria do Carmo Vale Leite (Sec. de Cajazeira), Heliana Leandro Araruna (Sec. de B. de Santa Fé), Edna Oliveira (Sec. de Aparecida), Gilderlândia Oliveira (Sec. de Poço Dantas) e Maria do Socorro Ferreira (CPT). Para moderar o debate, convocaram Adelaide Pereira da Silva (CPT). Quem também prestigiou o último dia de seminário, fazendo a abertura, foi o Bispo diocesano de Cajazeiras, Dom José González.
 
Veja imagens exclusiva do evento.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário