sábado

Jovem que estaria grávida de três meses é assassinada a tiros na Bomba do Hemetério

Informação sobre gestação foi confirmada por amigos


Uma jovem de 19 anos que estaria grávida foi assassinada a tiros na noite da última sexta-feira, na Bomba do Hemetério. A vítima, Maurina Kássia Ursulino Santos de Moura, estaria na companhia de uma amiga, quando foi abordada por desconhecidos e morta. Logo após o crime, policiais do Gati do 11º BPM chegaram ao local e realizaram rondas na área na tentativa de localizar algum suspeito, no entanto, ninguém foi encontrado.

Familiares da vítima desconhecem a informação de que Maurina estava esperando um bebê, no entanto, amigos disseram que ela estaria grávida de três meses. A mãe da vítima, Roseane Ursulino de Lima, contou que a jovem estava viciada em droga.

Depois do trabalho inicial de investigação, iniciado por policiais da Força Tarefa da Capital do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), o corpo de Maurina Kássia de Moura foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, localizado em Santo Amaro.

CASC-PB/NOTICIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário