segunda-feira

Gerente de agência dos Correios é feita refém durante assalto na PB

Funcionária foi sequestrada em São Miguel do Taipu e deixada em Bayeux. Crime ocorrido nesta segunda-feira (7) é o 55º contra a empresa este ano.

 

A gerente da agência dos Correios do município de São Miguel de Taipu, localizado na Zona da Mata paraibana, foi levada como refém durante um assalto na manhã desta segunda-feira (7). De acordo com o 8º Batalhão da Polícia Militar, os assaltantes roubaram dois carros durante a fuga e abandonaram a funcionária na BR-230, na altura da cidade de Bayeux, na região metropolitana de João Pessoa.


Conforme a PM, o assalto aconteceu por volta das 10h20 (horário local). Depois de recolher o dinheiro disponível na agência, os quatro homens armados levaram a gerente em um carro modelo Captiva. No caminho, o pneu do carro furou e, para continuar a fuga, os bandidos teriam abordado um motorista na BR-230 e roubado um outro veículo, Ford Ka. Mais adiante, eles libertaram a refém. Ela não apresentava ferimentos.

A vítima conseguiu voltar para São Miguel de Taipu, onde prestou depoimento à Polícia Federal. De acordo com o 8º Batalhão, sete equipes da Polícia Militar tentam localizar os assaltantes nas cidades vizinhas, como Pedras de Fogo e Itabaiana.

Conforme levantamento da assessoria de imprensa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, este foi o 55º assalto a agências dos Correios na Paraíba. Na semana passada, a direção dos Correios na Paraíba anunciou que está mapeando os pontos de maior risco de assaltos para elaborar um plano de segurança e coibir a ação de bandidos no interior do estado.

Segundo o gerente dos Correios em Campina Grande, José Leite, o mapeamento identificou 70 agências consideradas de alto risco, o que corresponde a quase 30% das 236 agências em funcionamento na Paraíba. Os pontos vulneráveis estão localizadas em cidades de pequeno porte e que movimentam grandes quantias de dinheiro. A região Agreste concentra o maior número de assaltos.

CASC-PB/NOTICIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário