terça-feira

Enredo do PMDB evolui para briga entre “pré-candidatos”



Quando um quer, dois brigam. No PMDB, o sentimento é esse e um grupo dissidente, pequeno ainda é verdade, se prepara para evitar que José Maranhão seja o candidato o partido a prefeito de João Pessoa.
Comandado pelo deputado federal Manoel Júnior, o grupo está reforçado pelo deputado estadual Gervásio Maia Filho e o vereador pessoense Mangueira. Eles se reuniram no escritório de “Mané”.
Conversaram sobre diversos assuntos. Entre uma estratégia e outra o fortalecimento do grupo para evitar que Maranhão, ex-governador do Estado, venha ser escolhido o candidato a prefeito de João Pessoa.
Até uma pesquisa encomendada por Manoel Júnior para consumo interno foi colocada sobre a mesa.
Chegou ao signatário do blog a informação de que o resultado da pesquisa favorece o senador Cícero Lucena (PSDB), em primeiro; depois vem o prefeito Luciano Agra (PSB), o terceiro é Maranhão (PMDB) – em queda, segundo o interlocutor – e Manoel Júnior aparece na quarta posição.
O interlocutor disse que o deputado Manoel Júnior, que pretende ser o candidato a sucessão municipal da capital, está em condição de ascensão “e com uma rejeição infinitamente menor se comparada a de Maranhão”.
Quer dizer, se não houver uma articulação para trabalhar os grupos peemedebistas o negócio poderá descambar para um racha iminente.
CASC-PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário