terça-feira

Segundo informações, vítima e outro adolescente foram ameaçados na última noite após briga

 
Por volta das 5:35h desta terça-feira (20) a Polícia Militar foi acionada para averiguar um caso de homicídio ocorrido no Conjunto Nova Alagoinha, conhecido popularmente como “Cangote do Urubu”, em Alagoinha. Ao comparecer no local, a PM constatou a veracidade do fato e registrou a morte de Douglas Marcelino dos Santos, 19 anos, morto com dois tiros, dentro de casa. Segundo informações, o homicídio foi realizado por volta das 01:00h quando a casa da vítima foi arrombada por um homem, ainda não identificado, o qual disparou os tiros contra Douglas, morrendo na hora.
O Portal Nordeste1 conversou com a avó da vítima, presente no local do crime. Maria Lourdes dos Santos afirmou que o neto era usuário de drogas e tinha um comportamento agressivo, tanto para com a família quanto para com os vizinhos. De acordo com Maria, Douglas já tentou tirar a vida da própria mãe, com um golpe de foice, fazendo-a levar 16 pontos.
Os homens da Polícia Militar identificaram um adolescente, conhecido por “Cabeção”, encontrado no local do crime. Ele declarou que estava com a vítima na noite da última segunda-feira (19) quando apareceram dois homens e iniciaram uma briga. Após o confronto, Douglas e “Cabeção” foram ameaçados de morte.
Como o cadáver foi encontrado em posse de uma faca peixeira suja de sangue, há especulações de que o autor do crime tenha sofrido algum corte ou perfuração, decorrente de luta corporal, pois o caminho traçado por ele após o homicídio mostra rastros de sangue.
A Perícia está a caminho para examinar a área e encaminhar o corpo da a Unidade de Medicina Legal, em Guarabira.

Dois homicídios em São Bento em menos de 3h; uma das vítimas é ex-policial

Dois homicídios foram registrados na noite da segunda-feira (19) em menos de 3 horas no município de São Bento, no Sertão do Estado. Uma das vítimas é um ex-policial militar que havia cumprido pena no Presídio Regional de Patos.
De acordo com informações da Polícia, o primeiro crime aconteceu por volta das 18h na Avenida Pedro Eulâmpio da Silva, no Centro de São Bento. A vítima foi o ex policial militar Francisco Leite da Silva, de 35 anos.

Francisco Leite
Foto Portal Patos


















Segundo testemunhas, o crime foi cometido por dois homens em uma moto que chegaram atirando.
Bala perdida


Júlio Anastácio da Silva, de 61 anos, que estava próximo ao local do crime foi baleado durante o tiroteio e foi encaminhado ao hospital da cidade e depois para o Hospital Regional de Patos. Ele não corre risco de morte.
O segundo homicídio aconteceu logo depois. Desta vez a vítima foi Josimar Andrade do Nascimento, de 30 anos. Ele foi morto a tiros dentro de casa, no Bairro São Bentinho.

Josimar Andrade
Foto Portal Patos




















Um homem teria chegado na porta da casa da vítima e chamado por ela. Ao abrir a porta para atender quem chamava, Josimar foi surpreendido por vários tiros e morreu no local.

segunda-feira

Obras de Ariano Suassuna são destaques no Dramaturgia: Leituras em Cena

Durante os próximos dias 19, 20 e 21 de dezembro, o Sesc Paraíba realiza a etapa final do projeto Dramaturgia: Leituras em Cena, com apresentação das leituras encenadas de obras do grande e renomado mestre da literatura, Ariano Suassuna, e também do ator e diretor paraibano Flávio Guilherme. As apresentações acontecem a partir das 19 horas, no cine teatro do Sesc Centro, em Campina Grande. A entrada é gratuita.

O evento foi transferido para os dias 19 a 21 em decorrência da necessidade de um prazo maior para a preparação dos grupos participantes.

O que os diretores Flávio Guilherme, Cris Leandro, Ana Maria Barros e todo o elenco irão apresentar é o resultado de meses de ensaio e técnicas desenvolvidas na oficina Leituras em Cena, ministrada em setembro deste ano pelo professor e dramaturgo Daniel Belquer.
No dia 19, a apresentação será baseada numa obra do próprio diretor, Flávio Guilherme, chamada Santa Saracura – A Estória Da Santa Padroeira Que Queria Deixar De Ser, na qual a personagem abandona seu posto de santa devido à hipocrisia reinante na cidade. Escrita em 2001, trata-se de uma crítica às festas de padroeira e à sociedade em geral.


Na terça, 20, Cris Leandro dirige seu elenco na leitura dramatizada da obra de Ariano Suassuna, O Auto da Compadecida. As desventuras de João Grilo e Chicó são narradas em três atos, mesclando a literatura de cordel e a religião, envolvendo a avareza, a fé e o barroquismo.
No último dia, 21, será realizada a leitura dramatizada da peça O Santo e a Porca, também de Ariano Suassuna. Lançada em meados dos anos 50, a peça aproveita o mote das famigeradas heranças familiares do sertão nordestino para relatar com humor a estória de Euricão Árabe, devoto do Santo Antônio que esconde em sua casa uma porca cheia de dinheiro. O espólio irá para aquele que casar com sua bela filha Margarida.
Ariano Suassuna é um dos mais importantes escritores do Brasil. Influenciado pelos causos e folclores regionais, se destacou também pela verve cômica apresentada em suas obras. Crítico irremediável do pós-modernismo, Suassuna é conhecido pelo seu purismo cultural e artístico. Suas obras já foram levadas ao cinema e à televisão com reconhecido sucesso de público e crítica, entre as quais O Auto da Compadecida e A Pedra do Reino.
O objetivo desse projeto é dar oportunidade para que atores interpretem textos teatrais, através da leitura encenada, onde o público é convidado a desvendar além dos mistérios contidos nas tramas, a verdadeira essência do enredo, com seus personagens, seus contextos e suas singularidades.
O projeto Dramaturgia: Leituras em Cena é uma realização do Sesc Paraíba em parceria com o Departamento Nacional do Sesc. Para mais informações, entrar em contato pelo telefone (83) 3341-5800 ou pelo e-mail culturasesccg@gmail.com.

IMAGENS FORTES: Marchante é morto com seis tiros em um bar

O marchante José Ailton Lima de Araújo, de 25 anos, que morava na Comunidade Sonho Meu, no Valentina de Figueiredo, na Capital, foi assassinado com vários tiros na noite do domingo (18).

Marchante assassinado
Aguinaldo Mota
















A vitima estava bebendo na companhia do irmão e um amigo no Bar da Cipoada, no Monsenhor Mágno, quando chegaram dois homens em uma moto, foram até a mesa que ele estava, e efetuaram seis tiros e em seguida fugiram sem deixar pistas.

A doméstica Lucindalva Ponciano da Silva, esposa de José Ailton, disse que não sabe por que o marido dela foi assassinado, pois ele não era viciado, não tinha passagem pela Policia e não era envolvido com a criminalidade.

Marchante assassinado
Aguinaldo Mota

















O corpo foi encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal – Gemol no Bairro do Cristo Redentor.


domingo

Shaolin completa 11 meses em coma



Shaolin (Antonio Chahestian / Record)

Shaolin (Antonio Chahestian / Record)
Numa verdadeira luta pela vida o humorista Shaolin completa amanhã, 18 de dezembro, exatos 11 meses em estado de coma. O humorista sofreu um acidente no dia 18 de janeiro deste ano na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. Segundo as investigações, o comediante dirigia em alta velocidade, mas o motorista Jobson Clemente Benício, de 23 anos, teria invadido a contramão e provocado o acidente
Em entrevista ao Portal PB Agora, o cunhado do humorista Shaolin, Ricardo Santos afirmou que o quadro clínico do comediante avança satisfatoriamente a cada dia. “Não podemos esquecer que o impacto foi muito violento e damos graças a Deus de termos ele ao nosso lado. Foi um verdadeiro milagre ele escapar com vida de um acidente tão trágico”, explicou.
Santos revelou ainda que o artista apresenta uma evolução empolgante. Ele disse que, além dos familiares que se animam com os mínimos sinais de evolução, os médicos do humoristas se mostram ainda mais animados que os familiares, que aguardam apenas o despertar do comediate
Shaolin é acompanhado por um cardiologista, um neropsiquiatra, um ortopedista, um fonoaudiólogo, um nutricionista e quatro fisioterapeutas. “Cada um dos médicos vê uma evolução, cada um em sua área e nós temos esperança de que ele possa ter uma recuperação completa, estamos esperando o momento dele despertar, se movimentar e falar, estamos muito atentos a tudo”, informou.
Desde que Shaolin sofreu o acidente, chegando quase morto ao Hospital de Campina Grande, ele apresentou melhoras significativas. Hoje o humorista abre os olhos e parece reconhecer as pessoas. “Quando nós chamamos a atenção dele, ele acompanha com o olhar. É visível a evolução dele”, falou o cunhado
Os estímulos por parte da família são diários e constantes. O filho de Shaolin, por exemplo, sempre canta e toca violão para o pai, já a filha conversa com ele, a esposa também e demais familiares que acreditam na recuperação do humorista. “Temos a consciência de que é uma etapa difícil, mas o pior já passou e estamos aqui acreditando no pronto restabelecimento dele”, frisou.
Ricardo esclareceu ainda que toda a equipe médica é unanime em afirmar que Shaolin tem progredido surpreendentemente. “Sim, os médicos sempre nos dão retorno positivo do seu quadro clínico e, além disso, estamos presenciando. Ele acorda, nos segue com os olhos. Colocamos vídeos dos seus shows e percebemos pequenas e dosadas reações através do seu semblante. O importante é não desistir e estar estimulando-o todos os dias”, finalizou.

Carro capota e faz duas vítimas fatais entre Sumé e São José dos Cordeiros



acidente_cordeiros 

Um grave acidente vitimou duas pessoas próximo ao município de São José dos Cordeiros, no Cariri Paraibano, no início da tarde deste sábado (17). Um jovem cordeirense, residente atualmente em São Paulo, vinhaem um GOL e acabou perdendo o controle do carro e capotou diversas vezes.
Segundo informações do sargento Eronilson e soldado Custódio, Luciano Gomes de Sousa, de 30 anos vinha na estrada que liga Sumé a São José dos Cordeiros, quando ofereceu carona a Francisco Júlio Gomes de Sousa, de 94 anos, residente na zona rural de São José dos Cordeiros. Ele vinha para a zona urbana da cidade.
Há aproximadamente 5KM do município, Luciano perdeu o controle do carro e capotou. O motorista e passageiro chegaram ainda a bater com a cabeça em uma pedra e morreram na hora.
O acidente foi registrado às 12h40 deste sábado. O IML foi chamado para pegar os corpos.

Filha de ex-prefeita Paraibana morre em grave acidente; veículo saiu da pista e capotou



acidente 

Um sábado atípico e trágico para o Cariri Paraibano. Após um grave acidente que ocorreu no início da tarde e que deixou dois mortos, outros dois foram registrados no início da noite próximo à cidade de Serra Branca e deixou um saldo de dois mortos e duas vítimas gravemente feridas.
O primeiro se deu por volta das 17h50, na BR 412, entre o distrito de Santa Luzia do Cariri e a cidade de Serra Branca, próximo ao bar da Cabrita.
Três jovens mulheres, uma delas a filha da ex-prefeita de Serra Branca, Drª Alda Dias, vinham em um carro de passeio quando saíram da pista e capotaram o veículo várias vezes.
Elas vinham da cidade de Sumé para Serra Branca e as informações são de que uma carreta que vinha em sentido contrário por pouco não colidiu de frente com as vítimas.
Estavam no carro a dentista Irlane de Queiroz Dias, filha da ex-prefeita, Edna Brito (filha de Adenor) e Bruna Dario.
Segundo boletim médico do Hospital Geral de Serra Branca, Irlane já chegou quase sem vida a Casa de Saúde e morreu minutos depois.
Edna Brito sofreu uma fratura no braço esquerdo e na clavícula. Bruna Dario quebrou o braço direito em fratura total do membro. Edna e Bruna foram transferidas para o Hospital de Trauma de Campina Grande.
Outro acidente foi registrado minutos depois, por volta das 18hs, na saída do Sítio Uruçu de São João do Cariri para a BR 412.

quinta-feira

Juiz confirma: João Paulo Guedes se entrega e está detido em Guarabira

O foragido da justiça João Paulo Guedes Meira, estudante que provocou acidente que matou três pessoas da família do cantor Zé Ramalho em maio de 2007, se apresentou nesta quarta-feira, 15, no Fórum de Guarabira, ao juiz Bruno Cesar Azevedo Isidro. Em contato com a reportagem, o juiz confirmou que o foragido se apresentou por volta das 13h na presença de advogado.


De acordo com doutor Bruno, após constatar que realmente se tratava de um foragido, ele o encaminhou para o Presídio João Bosco Carneiro. Ele também comunicou o fato ao juiz do Primeiro Tribunal do Juri em João Pessoa, onde o caso tramita.
Bruno informou ainda que não necessariamente João Paulo deve ser transferido para um presídio em João Pessoa, só de o juiz do caso julgar necessário e requerer.

Entenda o caso:
João Paulo Guedes Meira responde pelo crime de triplo homicídio doloso e estava com a prisão decretada
O crime ocorreu no dia 6 de maio de 2007, quando, de acordo com a denúncia do Ministério Público, João Paulo Guedes ultrapassou um sinal vermelho na Avenida Epitácio Pessoa e colidiu o seu veículo Golf com um Palio, no qual estavam o comerciante Francisco Ramalho, de 46 anos, Mateus Ramalho, de 16, e Antônio Ramalho, de 56, vítimas fatais do acidente.
De acordo com informações da investigação, João Paulo Guedes estava embriagado no momento do acidente e sofreu apenas ferimentos leves.